DESTAQUE

Testes mostram que a NASA voltou com força à corrida espacial

Por
04 de Setembro de 2020
Teste de booster
Créditos: NASA

Importantes testes foram feitos pela NASA esta semana, deixando claro que a Agência Espacial Norte-Americana está de volta ao jogo.

 Após passar anos com problemas de orçamento e sendo podada por integrantes do governo que acreditavam que havia coisas mais importantes a se fazer com o dinheiro público do que o aplicar na exploração espacial, a NASA parece ter voltado ao seu antigo brilho e importância.

Parte disso se deve às parcerias com a iniciativa privada, parte disso se deve a uma visão diferente sobre a exploração espacial por parte do governo atual e parte disso se deve, também ao momento político do mundo.

Seja como for, a agência está a todo vapor em testes e projetos que envolvem a Lua, Marte, Vênus e as luas Europa e Titã.

 

Começando os testes


Teste de booster Crédito: NASA

Nesta semana, a Nasa concluiu na quarta-feira, dia 02 de setembro, um teste com o foguete auxiliar Flight Support Booster 1 (FSB-1), nas instalações da agência em Promontory, no estado de Utah.

A função do booster é dar empuxo ao lançamento do Space Launch System (SLS), veículo encarregado de levar os americanos de volta à Lua pelo Programa Artemis. 

De acordo com a Nasa, os resultados do teste vão confirmar se os foguetes auxiliares estão prontos para dar impulso ao lançamento dos astronautas nas missões Artemis.

Os boosters do SLS serão os maiores e mais poderosos já construídos na história. Cada um deles vai queimar seis toneladas de combustível por segundo, e juntos eles serão responsáveis por 75% do empuxo necessário para fazer o foguete subir. 

 

Rumo à Lua


Missão Artemis. Crédito: NASA

"O teste avaliará novos materiais e verificará se todos os requisitos balísticos do motor foram atendidos", disse Nikolas Ciaston, engenheiro de balística da contratada de reforço SLS Northrop Grumman.

Os resultados deste teste também serão usados para preparar a construção de foguetes de reforço após a missão Artemis 3, disse a NASA em um comunicado. 

O Artemis 3 deve ser o primeiro pouso humano na Lua e está programado para acontecer em 2024, mas a agência está trabalhando na construção de seus futuros foguetes e espaçonaves agora, para estarem prontos para futuras missões.

Sempre lembrando que a spece X de Elon Musk também segue firme nos testes de seu futuro foguete que pretende levar pessoas para Marte. Têm sido dias agitados para aqueles que miram a riqueza espacial.

Con informações dos sites Olhar  Digital e Space.com

Veja, abaixo, o video com o teste da NASA:

Já está no ar a Edição 278 da Revista UFO. Aproveite!

Março de 2020

Miscigenação com aliens