DESTAQUE

Testemunha da Marinha dos Estados Unidos diz que viu um UFO se deslocando debaixo d'água

Por
14 de Julho de 2021
A ocorrência de estranhos objetos se deslocando pelos oceanos não é rara.
Créditos: GettyImages

Quando se trata de UFOs Tic-Tac, os navios de guerra USS Omaha e USS Nimitz e seus pilotos e tripulações receberam os holofotes. No entanto, houve outros navios na mesma área com pilotos e membros da tripulação tendo seus próprios encontros, e um recentemente apresentou uma nova história sobre as naves que mais preocupam a Marinha, o Pentágono e os políticos em Washington – objetos subaquáticos e transmídia.

“Eu estava olhando para a água de cima quando um objeto ‘Tic Tac’ grande, largo e branco, de aproximadamente seis metros de comprimento, apareceu de repente na minha visão logo abaixo de mim, movendo-se para a direita e disparando para as profundezas tão rápido quanto apareceu. Eu realmente não conseguia compreender o que estava vendo. Era definitivamente um objeto sólido, mas quando desceu, sua extremidade dianteira rapidamente desabou sobre si mesmo e desapareceu.”

O relato acima é do suboficial John Baughman, que estava a bordo do USS Carl Vinson, um porta-aviões da classe Nimitz, em 2010, quando a embarcação estava no Haiti entregando ajuda humanitária após o devastador terremoto naquele país. Naquela época, Baughman era auxiliar de artilharia e estava em seu intervalo, observando o mar.

Ele disse ao ufólogo Ryan Sprague, do site Trail of the Saucers, que esperava ver o de costume - “Tudo, desde tubarões, golfinhos e baleias a lulas gigantes, tartarugas marinhas e peixes-espada.” Em vez disso, ele viu um OSNI (objeto submarino não identificado). Por ser um membro da tripulação bem treinado, ele relatou o avistamento ao seu supervisor imediato, que disse a Baughman: “Todo mundo vê coisas estranhas no oceano.”


O porta-aviões USS Carl Vinson, de onde o suboficial John Baughman avistou o OSNI enquanto fitava o oceano.
Fonte: U.S. NAVY

Embora os encontros de UFOs Tic Tac, de 2004, com o USS Nimitz ainda estivessem a anos de serem expostos ao público, há poucas dúvidas de que eles eram conhecidos entre o pessoal da Marinha, especialmente tripulações e comandantes de porta-aviões. No entanto, a resposta de seu superior refletiu a filosofia da época - não fale sobre UFOs ou você será considerado estranho, ridicularizado ou pior.

Ainda cauteloso, mesmo após o relatório do Pentágono confirmar que há coisas sobre e abaixo da superfície que não podem explicar, Baughman disse a Sprague que não tem certeza do que era, mas isso não deveria impedir ninguém de relatar objetos voadores ou submersos não identificados e ajudar os cientistas e pesquisadores militares e privados a descobrirem o que são e como reagir.

“É difícil lidar com algo assim, e ainda me sinto um pouco inseguro sobre isso porque não faz sentido. Mas, ao mesmo tempo, mais informações, mesmo tão básicas quanto minha história, podem ajudar a resolver o mistério de se eles são adversários estrangeiros jogando jogos mentais, entidades não humanas ou uma miríade de outras possibilidades.” Ele está pedindo a outros - militares, ex-militares, cidadãos - para relatarem seus avistamentos e oferece um local em seu site para fazerem isso. Como Baughman descobriu, “Todo mundo vê coisas estranhas no oceano”, mas apenas alguns poucos e corajosos relatam isso.

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos