DESTAQUE

Tabloide divulga mais informações deturpadas sobre missão da NASA

Por
11 de Abril de 2018
Aterrissagem do Endeavour após a missão STS-77 em 1996, e não em 1969 como informou a nota do duvidoso tabloide
Créditos: NASA

O tabloide Daily Star, após o lamentável texto já denunciado anteriormente (confira nos links abaixo) no qual alegava que o astronauta Buzz Aldrin encontrara aliens em suas missões, e até mesmo que astronautas já falecidos teriam participado de um teste, apresentou novamente informações deturpadas. O novo texto alega que o vídeo de um UFO foi captado pela missão STS-77 do ônibus espacial, "lançada no mesmo ano que a missão Apollo 11 com Aldrin", conforme alega o tabloide. A informação é totalmente errada, visto que esse voo, a cargo do ônibus espacial Endeavour, aconteceu entre 19 de maio e 29 de maio de 1996.

Entre os objetivos estavam vários experimentos em microgravidade, e pouco após a missão a NASA divulgou um vídeo de um dos experimentos, designado pela sigla PAM/STU, que foi um dos primeiros testes de estruturas infláveis no espaço. Atualmente, aliás, um módulo inflável da empresa Bigelow Aerospace está acoplado à Estação Espacial Internacional (ISS). A ideia era verificar se um satélite poderia utilizar o campo magnético do planeta para ajustar sua posição, economizando combustível de seus motores. O experimento esteve a cargo do astronauta Mario Runco, e o satélite foi filmado por dias, até que uma versão de qualidade mediana do filme fosse publicado.

Várias câmeras instaladas no Endeavour filmaram o PAM/STU, e os astronautas narraram o experimento, por vezes se referindo ao satélite como "alvo". Este é um termo militar que, evidentemente, é utilizado quando se trata de um UFO, mas também de praticamente qualquer coisa que está sendo observada. Portanto, os mistificadores que apressadamente denunciaram a NASA por estar acobertando a existência de naves alienígenas em órbita de novo faltaram com a verdade. Entre outros objetivos da missão estava testar uma máquina que combinasse água, dióxido de carbono é um líquido espesso em órbita, sem excesso de bolhas ou espuma. Resumidamente, os astronautas foram bem sucedidos em produzir Coca-Cola e Diet Coke no espaço. A NASA tem sido injustamente, na maior parte das vezes, acusada de acobertar a presença alienígena no espaço próximo a nosso planeta, porém mais uma vez as alegações dos mistificadores, como se comprova neste texto, se reduzem a mentiras pessimamente elaboradas, que qualquer um pode desvendar.

Confira imagens da missão STS-77 do Discovery

O site Popular Mechanics já havia desmistificado o vídeo em 2009

Confira o vídeo do PAM/STU

É uma fraude suposto estudo afirmando que Buzz Aldrin viu alienígenas

Vídeo da NASA com suposto UFO provoca furor na internet

Astronauta Scott Kelly retorna à Terra após quase um ano em órbita

Saiba mais:

Livro: Terra Vigiada

crédito: Revista UFO
Terra Vigiada
Terra Vigiada

Terra Vigiada não é um livro comum, mas um verdadeiro dossiê fartamente documentado que comprova que inteligências extraterrestres observam e monitoram nossos arsenais atômicos. O livro contém dezenas de depoimentos prestados por militares norte-americanos que testemunharam a manifestação de discos voadores sobre áreas de testes nucleares, nas décadas de 40 a 70, comprovando que outras espécies cósmicas mantêm nossas atividades bélicas sob severa e contínua vigilância. Hastings vai mais além e mostra em Terra Vigiada que não é incomum discos voadores interferirem nos experimentos de lançamento, muitas vezes inutilizando as ogivas nucleares a serem detonadas, ou sobrevoarem silos de mísseis armados.

DVD: Pacote Produções de James Fox

Já está no ar a Edição 245 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2017

Múltiplos formatos e origens