DESTAQUE

Surge foto de suposto UFO tirada na mesma época que o incidente de Rendlesham

Por
29 de Abril de 2021
Teria o UFO fotografado pelo policial anônimo alguma ligação com o avistamento na floresta de Rendlesham?
Créditos: GettyImages

Um policial aposentado que deseja permanecer anônimo quis revelar seu contato imediato perto de Woodbridge, em dezembro de 1980. O objeto foi registrado na mesma época do avistamento do UFO na floresta de Rendlesham. A imagem foi escaneada e enviada ao site Unexplained Mysteries por e-mail.

O policial, que deseja permanecer anônimo, conta que em 26 de dezembro de 1980, sua vida mudaria para sempre. Era uma noite muito fria e ele estava de serviço. Ele conta que estava a cerca de meio quilômetro de Woodbridge quando, sem motivo aparente, seu rádio da polícia foi subitamente inundado com interferência, eletricidade estática e ruídos de crepitação. Ele, então, decidiu parar o veículo ao lado da estrada e ver se conseguia descobrir qual era o problema. Assim que parou, houve um flash de luz verde intensamente brilhante que iluminou todo o interior do carro como uma árvore de Natal.

“Sem saber o que fazer com o que tinha acontecido, saí do carro para ver se conseguia descobrir o que causou isso. Sem realmente esperar ver nada, fiquei completamente chocado ao descobrir uma enorme nave em forma de disco verde esbranquiçada, brilhante, iluminada e fosforescente pairando diretamente acima de mim no céu. Foi um espetáculo incrível e espetacular, mas assustador de se testemunhar, minha pele começou a formigar e os cabelos da minha nuca se arrepiaram”, disse. O disco era enorme, girando lentamente e fazendo um zumbido suave. Como policial, ele sempre carregava uma câmera polaroid no porta-malas do carro, caso precisasse registrar uma cena. “Corri para o porta-malas e peguei minha câmera, tirei três fotos, fiquei ali um tanto abalado e continuei a olhar esse objeto”, continuou.

Depois do que pareceu uma eternidade, o que não foi mais do que um minuto ou mais, o disco-voador subitamente voou alto no céu noturno em uma velocidade impressionante e fenomenal e literalmente desapareceu de vista em um nanossegundo: “Eu fiquei parado ali pensando comigo mesmo: ‘o que diabos aconteceu?’” Duas das fotos saíram completamente embaçadas e não mostraram absolutamente nada, mas felizmente uma saiu quase perfeita e mostrou o disco em toda a sua glória: “Eu incluí aquela polaroid original e intocada com meu e-mail. A hora do meu avistamento foi exatamente 01h55”.

O policial disse que palavras são inadequadas para sequer começar a tentar explicar o quão fantástico e alucinante esse encontro foi: “A cor do disco era como nenhum outro verde que já tenha visto. A foto realmente não faz justiça, não me entenda mal, é uma polaroid maravilhosa, mas ver aquele disco flutuando no céu e o tamanho dele, e a velocidade fenomenal com que partiu, foi uma experiência verdadeiramente incrível que nenhuma fotografia poderia capturar”, enfatiza.


A polaroid tirada pelo policial é a única das três fotos que saiu nítida. Nota-se nuvens por baixo do UFO, o que sugere que ele estava muito alto e era enorme.
Fonte: unexplained-mysteries.com

Ele comenta que teve muita dificuldade em aceitar o que aconteceu naquela noite de dezembro: “Naquela época, em 1980, não havia ninguém a quem recorrer. Não é como é hoje, com a internet e um simples clique e você está instantaneamente falando online com grupos de apoio etc. Além do mais, eu nunca quis contar a ninguém de qualquer maneira, especialmente sendo um policial em serviço. Simplesmente não era uma opção, então eu apenas arquivei no fundo da minha mente e tentei continuar com minha vida.”

Hoje, com a internet e a possibilidade de permanecer anônimo, ele sentiu que era hora de aliviar esse peso de seus ombros: ele conta que, logo após o encontro, começou a sofrer de ansiedade, ataques de pânico e depressão clínica. Teve pesadelos terríveis e assustadores também e não demorou muito para que as coisas começassem a destruir seu casamento. “Tirei uma folga do trabalho, mas não adiantou. Tudo o que fiz foi beber até cair no esquecimento e dormir o dia todo. Por fim, confiei em minha esposa e decidi procurar ajuda profissional”, lamenta.

“Mas não foi só isso: também recebi telefonemas ameaçadores, inclusive de morte, algumas semanas depois do meu encontro e, alguns meses depois, minha casa sofreu uma tentativa de incêndio criminoso.” Sua esposa acreditava na época que teria sido uma tentativa de destruir as evidências fotográficas e o intimidar, para que ficasse de boca fechada.

“Vários dias depois do meu encontro, um grande amigo meu, que era um oficial de alta patente da polícia, me disse que ele foi visitado em casa por três homens que alegavam ser da inteligência militar. Eles teriam lhe dito, de forma muito enfática, que se alguém mencionasse a palavra ‘UFO’, era para simplesmente dizer que provavelmente viram o farol e que ele estava com defeito na época.” Apesar do UFO ser diferente da descrição do que foi visto no incidente com os militares, teriam ambos os casos alguma relação?

Fonte

Já está no ar a Edição 282 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2021

Sondas em ação no interior do país