DESTAQUE

Spitzer detecta colisão de quatro galáxias

Por
07 de Agosto de 2007
No centro da imagem da Nasa, uma das maiores colisões de galáxias já noticiadas
Créditos: nasa

Trata-se de quatro galáxias que se chocaram espalhando no cosmos bilhões de estrelas, disse o laboratório da NASA em comunicado. Em última instância, essas quatro galáxias ficarão reduzidas a uma só, que terá uma massa superior em dez vezes à da Via Láctea, onde está o Sistema Solar ao qual pertence à Terra. "A maioria das galáxias se funde em um choque, como se fossem automóveis compactos", comentou Kenneth Rines, do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian. "O que temos aqui é o choque de quatro caminhões carregados com areia que se espalha por todos os lados", assinalou.

A fusão de quatro galáxias foi descoberta acidentalmente pelo telescópio espacial quando realizava uma prospecção de um conjunto galáctico situado a quase cinco bilhões de anos-luz da Terra. Os dados da Spitzer mostram que nesta fusão há muito pouco gás, ao contrário de outras fusões galáticas, diz Rines. O cientista acrescentou que a informação fornecida pelo telescópio é "a melhor evidência de que as galáxias do universo se formaram recentemente através de grandes fusões".