DESTAQUE

SpaceX realiza novo pouso do foguete Falcon 9

Por
06 de Maio de 2016
Lançamento do foguete Falcon 9; após colocar um satélite de comunicações em órbita, veículo teve pouso bem sucedido
Créditos: SpaceX

A empresa norte-americana SpaceX, do bilionário Elon Musk, tem dado saltos cada vez mais impressionantes rumo ao espaço. Menos de um mês após realizar com sucesso o pouso do primeiro estágio do foguete Falcon 9 em uma balsa em pleno mar, a empresa repete o feito em condições bem mais difíceis. A missão que aconteceu na madrugada desta sexta-feira se destinava a colocar em órbita o satélite de comunicações japonês JCSAT-14.

A dificuldade desse voo se devia ao fato de satélites de comunicação serem inseridos em órbitas geoestacionárias, a cerca de 36.000 km da superfície terrestre. Isso significava que o Falcon 9 seria submetido a velocidades e esforços muito maiores, ao que se somava a exposição do veículo a temperaturas muito maiores no processo de reentrada na atmosfera terrestre. Mesmo assim a empresa postou no oceano a balsa não tripulada Of Course I Still Love You, e o pouso afinal foi bem-sucedido.

Esse é o terceiro pouso bem-sucedido do Falcon 9, após o feito em dezembro passado em Cabo Canaveral, quando foram colocados 11 satélites para a Orbcomm, no que foi o primeiro pouso bem-sucedido de um foguete após lançar uma missão orbital. Em seguida outro Falcon 9 pousou na mesma balsa Of Course I Still Love You em 08 de abril, pela primeira vez no oceano. Isso aconteceu após lançar uma nave Dragon não tripulada levando cargas para a Estação Espacial Internacional (ISS). A empresa confirma que seria preferível realizar todos os pousos em terra, porém o perfil de algumas missões impede o foguete de carregar combustível suficiente para retornar ao ponto de lançamento. Então a alternativa é utilizar as balsas controladas remotamente.

REUTILIZAR FOGUETES LANÇADORES PARA REVOLUCIONAR AS VIAGENS ESPACIAIS

crédito: SpaceX
Imagem tomada logo após novo pouso do foguete Falcon 9 em uma balsa
Imagem tomada logo após novo pouso do foguete Falcon 9 em uma balsa

A SpaceX pretende desenvolver sistemas de lançamento capazes de serem completamente reutilizados de forma rápida, o que Musk afirma que pode reduzir custos a um fator de 100. O empresário afirma ser essa uma necessidade para os planos de estabelecer uma colônia em Marte, outro dos objetivos da companhia conforme o lançamento programado de uma nave Dragon para Marte, recentemente anunciado, confirma. A SpaceX pretende agora utilizar novamente os dois foguetes que pousaram em balsas, mas o primeiro veículo que trouxe de volta em dezembro será exposto como peça histórica em sua sede. Elon Musk ainda afirmou recentemente que a humanidade precisa colonizar Marte para sobreviver e os ousados passos dados por sua empresa parecem indicar, conforme especialistas, que podem chegar ao planeta vizinho antes até mesmo da NASA. A Agência Espacial norte-americana, conforme algumas fontes, já se dispôs a auxiliar na empreitada.

Site da SpaceX

Confira um vídeo da missão

Veja outro vídeo do terceiro pouso do Falcon 9

SpaceX realiza pouso histórico do foguete Falcon 9

Fundador da SpaceX diz que humanos precisam colonizar Marte para sobreviver

SpaceX realiza pouso inédito de foguete Falcon 9 em balsa

SpaceX anuncia intenção de lançar nave Dragon não tripulada a Marte

SpaceX revela versão tripulada da nave Dragon

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. A série contém ainda detalhes do funcionamento de satélites espiões, do desenvolvimento da Estação Espacial Internacional e da implantação do telescópio Hubble. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 226 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2015

A revelação pode vir de dentro para fora