DESTAQUE

Shaun Ryder revela encontro com nave espacial decrépita

Por
01 de Outubro de 2021
Shaun Ryder, da banda Happy Mondays, revela seus encontros ufológicos.
Créditos: GettyImages

O cantor e compositor, tido como “herói de Madchester”, Shaun Ryder, contou, nesta quarta-feira, 29 de setembro, no programa This Morning, um evento ufológico que teve em 2013, e disse que suas experiências com UFOs começaram muito antes de ele começar a se envolver com drogas e que extraterrestres o seguem há anos.

A lenda da banda Happy Mondays, Shaun Ryder, surpreendeu Phillip Schofield e Holly Willoughby no programa This Morning ao descrever um encontro com um UFO de “aparência de plástico” em 2013. O avistamento data da época em que Shaun estava trabalhando em uma série de documentários para TV sobre contatos imediatos com extraterrestres, e o cantor disse que seu primeiro pensamento foi que a equipe de produção estava “zoando com ele.”

Enquanto Phil ria que a decrépita nave espacial “trêmula” parecia que poderia ter sido construída pelo “Del Boy dos alienígenas”, Ryder disse que estava preocupado com a possibilidade de estar alucinando. “Eu fiz uma checagem dos olhos”, disse ele, descrevendo a nave que ele diz que “(...) não parecia que aguentaria ficar no chuveiro por meia hora.”

“Ao término de um dia de filmagem, fui para casa e se passaram uns dois dias. Uma manhã, acordei pelas 07h, me levantei e, claro, não é como se algo tivesse pousado no quintal, mas olhei para meu quintal e, acima da minha macieira, estava aquele enorme objeto plástico e tremeluzente de cerca de 7m por 3m. Ele parecia estar preso por fios, pois se movia de um lado para o outro como se fosse puxado. E pensei: a produção deve estar tirando onda com a minha cara!”, conta.


Assista acima a entrevista com Shaun Ryder.
Fonte: This Morning

“Aí estou lá, olhando aquela coisa, e escuto um barulho como se fosse um ‘ding, ding, ding’, igual aos ônibus de quando eu era menino. Também tinha um zunido de energia, que dava para sentir, nada pesado, mas era palpável. E aquela coisa começa a fazer uma nuvem. E começa a se mover, lentamente, produzindo essa fumaça, enquanto faz o barulho ‘ding, ding, ding’. Para mim parecia que era feito de plástico!”

Ele relata também seu primeiro avistamento: “Eu era entregador do posto do correio. Tinha esse garoto que costumava sempre pegar o mesmo ônibus que eu quando estava indo para a cidade. Era um garoto do primário. Estávamos indo em direção à parada de ônibus e não sei por que olhamos para cima. E então vimos essas coisas ziguezagueando, o que hoje se tornou comum descreverem esse tipo de movimento: o objeto para, pisca, ziguezagueia e dispara em alta velocidade”, conta.

Schofield pergunta se o menino testemunhou o evento, o que é confirmado por Ryder. “Eu tinha 15 anos, tinha recém começado a trabalhar para o posto do correio. Muito antes dos meus ‘encontros hollywoodianos’ com, você sabe, drogas.” Shaun também revelou que suas discussões com vários cientistas e especialistas durante a realização de sua série o levaram a acreditar que os militares tinham muita tecnologia avançada que o público não conhecia, e que parte dela poderia muito bem ser derivada tecnologia alienígena. Quando Phil sugeriu que se o governo dos Estados Unidos realmente soubesse sobre as negociações do Pentágono com os alienígenas, certamente Donald Trump não teria sido capaz de resistir a falar sobre isso, Shaun sorriu: “Bem, talvez ele não pudesse ser confiável para isso.”

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos