DESTAQUE

Robert Salas se diz surpreso pela omissão de UFOs afetando mísseis nucleares na audiência pública

Por
23 de Maio de 2022
O incidente ocorrido na base de Malmstrom é de imensa preocupação para a segurança dos Estados Unidos, segundo Salas.
Créditos: USGOV-PD

O ex-comandante da base de mísseis Minuteman, Robert Salas, afirma que relatou o incidente à Força-Tarefa UFO no ano passado. Contudo, a recente audiência pública disse o contrário.

Salas, que há muito tempo tenta aumentar a conscientização sobre suas experiências, era o comandante de plantão na instalação de lançamento subterrânea da base aérea de Malmstrom, estado de Montana, Estados Unidos, em março de 1967, quando um objeto misterioso apareceu e desativou vários dos mísseis ICBMs. Um militar que estava de guarda na época observou um objeto no céu que começou a ziguezaguear antes de pairar do lado de fora do portão da frente da instalação.

Os seguranças o descreveram como vermelho, brilhante e em forma de pires. Em segundos, os ICBMs estacionados na base começaram a relatar falhas inexplicáveis. Salas disse: “Nos segundos seguintes, perdemos de seis a oito mísseis, em condição ‘No-Go’.” De acordo com um pedido pela Lei de Liberdade de Informação (FOIA), “(...) todos os 10 mísseis em voo de eco em Malmstrom perderam o alerta estratégico dentro de 10 segundos um do outro.”


Documento liberado via FOIA relata a perda dos 10 mísseis, assim como o fato de isso representar uma grave preocupação.
Fonte: FOIA

Um incidente muito semelhante ocorreu apenas uma semana antes em outra base ao norte de Lewistown, Montana. Quando Salas relatou o incidente à Força-Tarefa de UFO do Pentágono no ano passado, ele foi informado de que as autoridades já estavam cientes disso e que ele não precisava enviar nenhuma informação adicional. Ele ficou particularmente surpreso, portanto, quando funcionários da audiência do Congresso sobre UFOs na terça-feira passada, 17 de maio, alegaram que não tinham nenhum dado sobre o incidente e não puderam comentar.

Salas disse: “O desligamento de mísseis nucleares, obviamente, é uma preocupação de segurança nacional que eles deveriam ter considerado. Como o congressista Mike Gallagher insistiu, finalmente Moultrie concordou em dar uma olhada nesses incidentes. Então, estou ansioso para informá-lo assim que receber a ligação. Eu estava apenas esperando notícias deles. Eu me ofereci para ir até lá às minhas próprias custas. Eu ficaria feliz em informar completamente qualquer congressista, ou qualquer pessoa do Departamento de Defesa.”

Fonte

Já está no ar a Edição 287 da Revista UFO. Aproveite!

Março de 2022

A noite oficial dos UFOs no Brasil