DESTAQUE

Ray Santilli ressurge e alega que falso vídeo de autópsia alien era recriação de filmagem real

Por
04 de Outubro de 2017
Após muito tempo, lamentavelmente volta a discussão sobre a fraude da autópsia alienígena
Créditos: Arquivo

Ray Santilli é bem conhecido da Ufologia Mundial, desde que explodiu na mídia em 1997 seu filme mostrando uma alegada autópsia no que seria um ser alienígena recolhido dos destroços da nave que caiu em Roswell, Novo México, em julho de 1947. A filmagem foi comprada por inúmeros canais por todo o mundo, inclusive pela Rede Globo que o exibiu com exclusividade no programa Fantástico após uma intensa campanha para criar expectativa. O resultado, sem surpresa alguma, foi decepcionante.

Desde o início a peça simplesmente não serve como um documento histórico, sendo filmada em preto e branco quando em 1947 já existiam filmes coloridos, e ficando fora de foco exatamente nos momentos em que deveria revelar detalhes. Tempos depois o farsante Ray Santilli reconheceu a realidade, e o filme foi exposto como a fraude que é na edição 122 da Revista UFO. Lamentavelmente, alguns poucos seguem acreditando na mentira até hoje, e é importante destacar que, se é o primeiro caso grandemente publicado de queda de um disco voador, Roswell tem igualmente se prestado a inúmeras peças de fraude, manipulação e desinformação, ao ponto que hoje é difícil separar o que é realidade e o que não é nesse polêmico caso.

Surgiu no final de setembro a notícia de que Spyros Melaris, diretor do filme da autópsia, iria se apresentar no Leicester Square Theatre para revelar como realizou a filmagem que enganou tantos ao redor do mundo. Melaris afirma ter sido, além do diretor, quem providenciou a criação do falso alienígena e outros efeitos especiais. Algo que Santilli, o produtor da fraude, sempre alegou é que a fraude foi uma recriação de uma filmagem real da autópsia de um alienígena em 1947, que entretanto estava deteriorada demais para ser apresentada. Em sua apresentação teatral, Melaris afirma que nunca existiu essa suposta filmagem verdadeira, sendo esta mais uma mentira de Santilli para continuar a confundir os incautos.

MAIS FRAUDES

crédito: Arquivo
Alegado fotograma apresentado por Ray Santilli
Alegado fotograma apresentado por Ray Santilli

Alimentando ainda mais a história e prestando um desserviço à Ufologia, o tabloide Express entrevistou Santilli, que apresentou uma foto bastante desgastada e pouco nítida do que seria um fotograma do filme real. O fato é que, evidentemente, se trata de mais uma fraude de quem seguramente deseja retornar aos tempos de fama. Quanto a Melaris, é significativo o que ele disse a respeito: "Para mim era apenas uma piada, algo para nos divertirmos mas aprendi minha lição. Eu gostaria de dizer agora que parte de mim sente remorso, pois eu subestimei a resposta que o filme teve. A realidade é que muitos na comunidade ufológica tomaram o filme como a grande prova da existência de UFOs e alienígenas". O filme de Santilli se tornou inclusive uma piada na série Arquivo-X quando, no episódio Do Espaço Sideral, vigésimo da terceira temporada do clássico seriado, Dana Scully autopsia um alienígena que vem a ser um agente governamental disfarçado, e depois a filmagem do procedimento vaza e é vendida como uma autópsia alienígena genuína.

Assista ao fraudulento filme da autópsia produzido por Ray Santilli

Confira uma chamada para a apresentação de Spyros Melaris

Veja um clipe do episódio Do Espaço Sideral de Arquivo-X

Slides de Roswell: caso encerrado

Vídeo exibe suposta criatura extraterrestre em telhado de casa

Satélite Black Knight sendo abatido, fraude com uma fraude

Canal fraudulento Secureteam10 atingido por novas regras do Youtube

É uma fraude a máquina alienígena encontrada na Antártida

Mistificadores enxergam UFO imenso em foto do Hubble

Saiba mais:

Livro: Contatados

crédito: Revista UFO
Contatados
Contatados

Um dos mais fascinantes e polêmicos aspectos do Fenômeno UFO é agora dissecado por um dos mais produtivos ufólogos brasileiros. O historiador Cláudio Tsuyoshi Suenaga, consultor da Revista UFO por mais de 12 anos, apresenta em seu primeiro livro uma retrospectiva de todos os mais importantes casos de contatados da Ufologia Moderna, de George Adamski a Sixto Paz, de Billy Méier a Plínio Bragatto, de Aladino Félix a Claude Vorillon Rael. Dezenas de casos de alegados encontros entre humanos e seres extraterrestres ocorridos em todo o mundo são descritos e analisados por Suenaga, que ainda apresenta um panorama dos contatos mediúnicos com aliens, examinando as mensagens recebidas por “porta-vozes cósmicos”.

DVD: Roswell: Arquivo Secreto

Já está no ar a Edição 233 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2016

Uma tragédia cósmica

UPDATED CACHE