DESTAQUE

Raro sistema planetário em harmonia orbital encontrado na constelação do Dragão

Por
22 de Abril de 2020
Nebulosa Olho de Gato, na constelação do Dragão
Créditos: NASA

Nunca tivemos a nossa disposição equipamentos técnicos potentes como aqueles que usamos agora para vasculhar o cosmos, e o que estamos descobrindo nos mostra o quão pouco conhecemos do universo. O que mais descobriremos?

 Os cientistas descobriram um sistema de seis planetas composto por uma superterra e cinco mininetunos, que exibem um espaçamento excepcionalmente regular, sugerindo como o sistema pode ter se formado.

Os planetas, que orbitam a estrela HD 158259 na constelação de Draco ou Dragão, foram encontrados usando o espectrógrafo SOPHIE, instalado no Observatório Haute-Provence, no sul da França, de acordo com o estudo publicado na revista Astronomy & Astrophysics.

"A descoberta desse sistema excepcional foi possível graças à aquisição de um grande número de medições, bem como a uma melhoria dramática do instrumento e de nossas técnicas de processamento de sinais", disse François Bouchy, professor da Universidade de Genebra (UNIGE), na Suíça.

 As observações de SOPHIE mostraram que o planeta que está mais próximo da HD 158259 e os cinco planetas exteriores apresentam massas de duas a 6 vezes a da Terra, respectivamente, disseram os pesquisadores.

O sistema foi considerado compacto, no sentido de que a distância do planeta mais externo à sua estrela é 2,6 vezes menor que a distância entre Mercúrio e o Sol.

O telescópio espacial TESS da NASA observou uma diminuição do brilho da estrela quando o planeta mais interno transitou entre o observador e a estrela.

 

Uma descoberta especial


Concepção artística do novo sistema Crédito: YouTube

"As medidas do TESS apoiam fortemente a detecção do planeta e permitem estimar seu raio, o que traz informações muito valiosas sobre a estrutura interna do planeta", disse Isabelle Boisse, pesquisadora do Laboratório de Astrofísica de Marselha, na França, e coautora do estudo.

Os pesquisadores observaram que centenas de sistemas multi planetários são conhecidos, mas apenas uma dúzia contém seis ou mais planetas.

A presença dos seis planetas que orbitam o HD 158259 já tornaria o sistema notável, mas não é a sua característica mais interessante: o que o torna excepcional é a sua regularidade.

A proporção do período de dois planetas subsequentes é próxima de 3: 2. Isso significa que, enquanto o primeiro planeta – o mais próximo da estrela – completa três órbitas, o segundo completa cerca de duas. Quando o segundo planeta completa três órbitas, o terceiro completa cerca de duas e assim por diante.

Essa situação é mais bem compreendida no quadro geral das ressonâncias, que desempenham um papel fundamental na arquitetura dos sistemas planetários.

Segundo informam os pesquisadores, vários planetas estão em ressonância quando se encontram na mesma configuração periodicamente, depois de completar um número potencialmente diferente de órbitas.

"Isso é comparável a vários músicos que tocando ritmos distintos, mas que batendo ao mesmo tempo no início de cada barra", disse Nathan C Hara, pesquisador da UNIGE e primeiro autor do estudo.

Os planetas também podem estar próximos da ressonância, mas não exatamente dentro. Este é o caso dos planetas da HD 158259, disseram os pesquisadores.



Fonte: Deccan Herald  

 

Assista, abaixo, um vídeo sobre a descoberta:

 

Já está no ar a Edição 269 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2019

Como são eles?