DESTAQUE

Projeto Breakthrough Listen lança nova campanha de busca por civilizações extraterrestres

Por
09 de Maio de 2018
O radiotelescópio Parkes, na Austrália, é o principal instrumento utilizado pelo Breakthrough Listen
Créditos: CSIRO

O projeto Breakthrough Listen teve início em 2016, sendo anunciado pelo bilionário russo Yuri Milner, que financia essa e outras das Breakthrough Iniciatives, e pelo saudoso astrofísico Stephen Hawking. O projeto de 100 milhões de dólares tem utilizado radiotelescópios, principalmente o observatório Parkes em New South Wales, Austrália, para observar um grande número de estrelas em nossa galáxia, a Via Láctea. Entre outras observações eles analisaram o asteroide interestelar Oumuamua, onde não descobriram sinais de atividade inteligente extraterrestre, mas obtiveram importantes informações a respeito de sua composição.

No telescópio Parkes foi instalado um novo receptor que utiliza 13 faixas para observar largas regiões do céu. Assim, pelos próximos 60 dias, serão investigados milhões de estrelas no plano galáctico de forma muito mais depressa que qualquer outra busca SETI, o que de acordo com os cientistas envolvidos amplia as chances de encontrar sinais de interesse. O sistema irá operar a uma taxa de 130 gigabits por segundo, o que, além disso, possibilitará que sejam mais facilmente distinguidos sinais de interesse, com possível origem alienígena, daqueles produzidos por artefatos humanos, como aviões, telefones celulares e satélites. Serão ao todo 1.500 horas de escuta.

Os cientistas também estão interessados em encontrar rajadas rápidas de rádio (FRBs), potentíssimas emissões de rádio que duram poucos centésimos de segundo e de origem misteriosa, a mais próxima tendo sido captada a 1,6 bilhões de anos-luz de nós. De acordo com o Breakthrough Listen não há evidências do envolvimento de alienígenas inteligentes com as FRBs, principalmente devido a sua imensa escala, mas esses fenômenos parecem estar conectados a poderosos campos magnéticos ou explosões de supernovas. Sobre a nova busca por inteligência extraterrestre Danny Price, da Universidade da Califórnia e cientista do projeto, afirmou: "Com essas novas capacidades estamos investigando a galáxia em detalhes sem precedentes. ao vasculhar esses enormes conjuntos de dados por assinaturas de civilizações tecnológicas, esperamos descobrir evidências de que nosso planeta, um entre centenas de bilhões em nossa galáxia, não é o único onde a vida inteligente evoluiu".

Visite o site do Breakthrough Listen

Projeto Breakthrough Listen capta 15 misteriosos sinais de galáxia distante

Projeto Breakthrough Listen irá investigar se Oumuamua é um objeto artificial

Bilionário das Iniciativas Breakthrough divulga estudo para missão a lua de Saturno

Protótipos de nanonaves estelares já estão em órbita

Natureza de sinais de rádio misteriosos permanece desconhecida

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

crédito: Revista UFO
Dossiê Cometa
Dossiê Cometa

O Dossiê Cometa é o relatório da entidade homônima francesa – o Comitê Cometa – que analisou as evidências mais marcantes da atuação de ETs em nosso planeta, através de avistamentos e aterrissagens de UFOs que se prolongam há milênios e dos contatos com seus tripulantes. O documento foi entregue ao primeiro ministro francês e a outras autoridades mundiais, com uma séria advertência: devemos estar preparados para grandes transformações em nossa cultura, ciência e religião, pois em pouco tempo os UFOs causarão grande impacto em nossas vidas.

DVD: Buscando Vida Fora da Terra

Já está no ar a Edição 217 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2014

A descoberta de novos mundos

UPDATED CACHE