DESTAQUE

Ouça misteriosa onda de rádio espacial que chegou à Terra outra vez, como previsto

Por
29 de Agosto de 2020
Concepção artística de uma FRB
Créditos: Astro PT

A cada 160 dias, uma rajada rápida de rádio (FRB) chega ao nosso planeta, provavelmente vinda de um corpo celeste do espaço profundo. Agora podemos ouvi-la.

 Rajadas rápidas de rádio (FRBs) são flashes extragalácticos de luz que envolvem um jato extremo, liberando em alguns milissegundos energia equivalente àquela que o Sol envia para a Terra em um século. 

Como noticiamos em junho, os cientistas descobriram uma FRB pela primeira vez em 2007, e a causa dessas erupções permanece indescritível quase uma década e meia depois.

 Explicações potenciais vão desde a fusão de estrelas de nêutrons superdensas a civilizações alienígenas avançadas.

 FRB têm ciclos variados e os cientistas descobriram que o repetidor conhecido como FRB 121102, monitorado com o Telescópio Lovell, situado no Observatório Jodrell Bank, na Inglaterra, tem um ciclo de 157 dias.

 

 Tecnologia alienígena

 
FRBs vindos do espaço prfoundo Créditos: Space.com

 “O 121102 parece se incendiar por 90 dias e depois ficar em silêncio por 67”, informou a equipe em um novo estudo. Não está claro o que está por trás dessa atividade cíclica, embora os cientistas tenham algumas ideias. 

Por exemplo, surtos periódicos podem ser causados por uma oscilação no eixo rotacional de uma estrela de nêutrons altamente magnetizada conhecida como um magnetar. 

Eles também podem estar ligados aos movimentos orbitais de uma estrela de nêutrons em um sistema binário. E há quem aponte que o fenômeno esteja ligado a algum tipo de tecnologia alienígena de alta complexidade.

 A fonte da rajada 121102, era uma galáxia anã a mais de três bilhões de anos-luz da Terra e os cientistas esperavam para ver se ela retornaria na data prevista. Bem, ela retornou  

Uma nova pesquisa confirmou que a FRB 121102 está enviando ondas de rádio repetitivas, e ajustou os cálculos de sua periodicidade: ciclos de 161 dias, com margem de cinco dias para mais ou menos.

Assim, os cientistas poderão prever sua atividade e estudar melhor sua origem. De acordo com a equipe, a rajada está ativa desde o dia 09 de julho, e continuará sendo captada até 14 de outubro. Depois, adormecer e ressurgirá entre 17 de dezembro e 24 de março do ano que vem. E assim por diante.

 

Fonte: Tilt e Arquivo do site

 

Ouça, abaixo, o som da FRB 121102:

Já está no ar a Edição 278 da Revista UFO. Aproveite!

Março de 2020

Miscigenação com aliens