DESTAQUE

O telescópio espacial Hubble está em sérios apuros

Por
01 de Julho de 2021
O telescópio espacial Hubble pode estar em vias de se aposentar.
Créditos: GettyImages

O inovador telescópio espacial Hubble, da NASA, está com sérios problemas. De acordo com uma atualização da agência espacial na sexta-feira passada, 25 de junho, tanto o velho computador de carga principal do telescópio quanto o computador de backup estão enfrentando a mesma falha.

Em outras palavras, o Hubble está no gelo fino - e, como já se passaram seis dias desde a última vez que ouvimos da NASA sobre a condição do Hubble, parece cada vez mais provável que a agência esteja ficando sem opções para consertar o velho telescópio espacial. Podemos não ouvir sobre o Hubble tão cedo também. Durante uma reunião terça-feira, 29 de junho, Paul Hertz, diretor da divisão de astrofísica da NASA, reiterou que a agência será “muito deliberada” em sua análise da falha do computador, conforme citado pelo repórter do SpaceNews, Jeff Foust, e não se apressará em corrigir o problema.

Em 13 de junho um problema com o computador de carga principal colocou os instrumentos científicos a bordo do telescópio espacial em modo de segurança. Cientistas da NASA conduziram testes em 23 e 24 de junho para ver se eles poderiam consertar a falha e retomar as operações científicas. Mas ligar o computador de backup pela primeira vez no espaço, após ter sido instalado há 12 anos, causou mais problemas.

Tanto o computador de carga primário quanto o de backup agora apresentam o mesmo erro com sua memória de bordo. Os cientistas agora estão voltando sua atenção para outras peças do hardware do Hubble, incluindo seu formatador de dados - encarregado de formatar e transmitir dados - e o regulador de energia, que fornece voltagens específicas e constantes para cada parte do telescópio.


Em seus mais de 30 anos de serviço, o Hubble nos proporcionou não apenas descobertas incríveis, mas imagens de tirar o fôlego, como a nebulosa Carina.
Fonte: NASA

“Um regulador de energia garante um fornecimento de tensão constante e estável”, diz a atualização. “Se a tensão estiver fora dos limites, isso pode causar os problemas observados.” Esta semana, os engenheiros passarão algum tempo avaliando a situação e - exceto por uma correção - tentarão mudar para um formatador de dados de backup e regulador de energia.

O Hubble fez grandes contribuições para a exploração do cosmos por 31 longos anos, permitindo-nos espiar pela primeira vez a atmosfera de outros planetas além do nosso sistema solar. Tudo o que podemos fazer é torcer para que seus dias ainda não estejam contados.

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos