DESTAQUE

O rover Curiosity acaba de registrar um belo panorama de 360º em Marte

Por
17 de Setembro de 2018
Superfície de Marte pelo rover Curiosity
Créditos: NASA / JPL-Caltech / MSSS

O rover Opportunity da Agência Espacial Norte-Americana (NASA) pode estar tirando uma soneca no momento, mas o rover Curiosity está bem acordado e com muita atividade. O robô movido a energia nuclear, que não sofreu nenhum tempo de inatividade significativo após a tempestade de poeira que derrubou seu irmão mais velho, acabou de brincar com algumas pedras novas e demorou um momento para pegar uma fantástica visão de  360° graus de seus arredores.

A imagem, que é um pouco distorcida perto do fundo, devido às peculiaridades de tirar um panorama com o próprio corpo do rover no quadro, é uma lembrança oportuna de quão severas são as condições do planeta vermelho.

"O panorama inclui umber skies, escurecidos por uma tempestade de poeira global que está desaparecendo", explica a NASA em um novo post no blog . “Também inclui uma visão rara da câmera do mastro do rover, revelando uma camada fina de poeira no deck do Curiosity. Em primeiro plano está o alvo de perfuração mais recente do rover, chamado “stoer”, depois de uma cidade na Escócia perto de onde importantes descobertas sobre o início da vida na terra foram feitas em sedimentos de lagoas.”

Esses “umber skies” ainda são bastante poeirentos, mas são muito mais brilhantes do que há algumas semanas, quando a tempestade de poeira em todo o planeta ainda estava com força total. Quanto ao alvo que os manipuladores do Curiosity experimentaram, foi uma grande vitória para a equipe que teve um pouco de azar ultimamente. Como a NASA observa, as duas rochas alvo anteriores da equipe eram muito difíceis de serem exploradas, sufocando tentativas de obter amostras de qualidade.

O panorama é fantástico e é ainda melhor quando visualizado no esquema de 360° fornecido pelo Youtube. Removendo toda a distorção, você pode realmente olhar em volta e examinar o que quiser, incluindo o rover em si. O que é particularmente interessante é a quantidade significativa de poeira e detritos acumulados no corpo do rover. Você pode até ver o buraco que se desenvolveu em uma das rodas acidentadas do rover, que é o resultado de ele escalar rochas pontiagudas.

Já está no ar a Edição 260 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2018

O ano em que eles inundaram a Europa

UPDATED CACHE