DESTAQUE

O que poderia dar errado na Invasão da Área 51?

Por
31 de Julho de 2019
Extraterrestrial Highway, Nevada.
Créditos: Getty imagens

Espera-se que milhares de visitantes cheguem no Condado de Lincoln, Nevada, por volta de 20 de setembro,  em resposta à postagem no Facebook ''Storm Area 51'', criada no final de junho.

O conceito viralizou rapidamente e, até o momento, mais de 3 milhões de pessoas mostraram interesse em participar do evento, embora seu criador tenha deixado claro que a ideia começou como uma piada sarcástica.

 

Invadir a Área 51 é uma tarefa difícil, tendo em vista as extensas medidas de segurança que existem em torno de uma das instalações militares mais protegidas e secretas do mundo, bem como os sinais de alerta destacando que o ''uso de força letal'' é autorizado .

Matty Roberts começou a página do Facebook “Storm Area 51”. (KLAS-TV)

No passado, qualquer um que cruzou o perímetro e tentou entrar na base foi rapidamente interceptado. A Área 51 é cercada por sensores de alta tecnologia, câmeras, detectores de movimento e outros sistemas de alerta, além de formidáveis ??forças de segurança portando armas poderosas.

Joerg Arnu é o criador e webmaster do ''dreamlandresort.com'', um dos mais conhecidos fóruns digitais dedicados à Área 51, tecnologia militar e sigilo do governo. Arnu mora em Rachel, Nevada, a pequena cidade que fica nos limites da base no Lago Groom. Ele desenvolveu uma rede de fontes bem posicionadas, familiarizadas com a Área 51, e recentemente concedeu uma entrevista a George Knapp do I-Team sobre os muitos obstáculos que devem desencorajar alguém a tentar cruzar o perímetro da base.

 

Veja a  entrevista kegendada:

Fonte: 8newsnow, Canal João Marcelo e Tunguska legendas

  

Saiba tudo sobre o UFO SUMMIT 2019 em www.ufosummit.com.br

O maior evento do ano da Ufologia Brasileira. Garanta a sua vaga!

 

   

Já está no ar a Edição 270 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2019

Anunnaki: Aqueles que do céu desceram à Terra