DESTAQUE

O ex-chefe do programa ufológico do Pentágono descreve teorias e características dos UFOs

Por
25 de Março de 2021
Começam a aumentar as expectativas acerca do que será liberado nos documentos do Pentágono.
Créditos: Getty Images

Em entrevista no programa FOX & Friends, ex-chefe do programa ufológico do Pentágono, Luis Elizondo, detalhou as três principais teorias sobre a origem desses objetos e suas cinco características definidoras, que quebram a compreensão atual dos Estados Unidos sobre as leis da física.

Por Thiago Ticchetti

“Os UFOs quebram o entendimento atual dos Estados Unidos sobre as leis da física”, diz Elizondo. Durante uma entrevista no programa Fox & Friends, Elizondo, o ex-diretor do ATTIP (Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespaciais) disse que o governo dos Estados Unidos aplicou a mesma metodologia usada em operações de inteligência de terrorismo em relação a UFOs e descobriu que eles não são apenas “reais”, mas as informações em torno deles são “convincentes”.

Segundo Elizondo, o Pentágono apresentou três teorias potenciais sobre a origem dos UFOs: A primeira teoria, “altamente improvável”, afirma que os UFOs são tecnologia secreta dos Estados Unidos que “escaparam” do radar devido à falta de comunicação entre as agências governamentais. A segunda teoria especula que sejam tecnologia de “países adversários”, criada sem o conhecimento da inteligência do governo dos Estados Unidos.

“Isso seria uma grande falha de inteligência dos Estados Unidos porque fomos ultrapassados tecnologicamente”, disse Elizondo. Na terceira teoria, Elizondo foi assertivo: “Se não é nosso e não é de outro país, então é de outra pessoa ou outra coisa”. Mas ele não disse serem de alienígenas. Ele também delineou as cinco “características-chaves” que ajudam a distinguir UFOs de outras tecnologias aeroespaciais identificáveis.


Elizondo esteve no canal Fox, dando mais informações sobre o que poderá ser divulgado em breve. Assista aqui.
Fonte: Fox & Friends.

Essas características incluem: aceleração instantânea, velocidade hipersônica, dificuldade de detecção, deslocamento transmédio (a capacidade de operar em vários ambientes) e sustentação positiva, em que você tem veículos que podem voar sem a necessidade aparente de superfícies de controle, asas ou mesmo motores. “Estamos vendo esses - vamos chamá-los de veículos, se preferir - que estão entrando no espaço aéreo controlado dos Estados Unidos e exibindo características de desempenho que estão muito além de qualquer coisa que possamos replicar ou, em alguns casos, até mesmo entender”, disse Elizondo.

Em janeiro, por meio da Lei de Liberdade de Informação, milhares de documentos da CIA sobre objetos voadores não identificados - ou fenômenos aéreos não identificados (UAPs), como o governo os chama - tornaram-se acessíveis para download no site Black Vault, criado e mantido por John Greenwald Júnior. A CIA afirma ter fornecido todas as informações sobre os UAPs que possuem, embora não haja como saber se isso é verdade. Outro relatório que pode ser divulgado já em junho irá detalhar avistamentos de UFOs “como nunca antes visto” e “de difícil explicação”, de acordo com John Ratcliffe, o ex-Diretor de Inteligência Nacional. Agora é aguardar.

Acesse o canal Investigação OVNI, de Thiago Ticchetti, aqui.

Fonte

Já está no ar a Edição 269 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2019

Como são eles?