DESTAQUE

O céu de novembro: conheça os eventos astronômicos e espaciais do mês

Por
03 de Novembro de 2020
O mês de novembro terá muitos lançamentos espaciais e fenômenos celestes observáveis,
Créditos: Olhar Digital

Com lançamento de foguetes e eclipse lunar, teremos 30 dias de muito movimento e atrações celestes. Veja abaixo quando eles ocorrerão e acompanhe.

 Este ano tem sido bem ativo quanto aos lançamentos espaciais e eventos celestes. Mesmo com a pandemia e os cortes orçamentários, em termos de exploração espacial, 2020 tem sido extremamente produtivo.

O mesmo se aplica aos eventos celestes, que nos brindaram com muitas chuvas de meteoros, a aproximação de Marte e a conjunção de Júpiter e Saturno, que deram um espetáculo no céu.

 

Veja abaixo o que mais vem por aí:

 
Eclipse lunar Crédito: Personare

03 de novembro: o foguete Atlas V, da United Launch Alliance, lançará uma nave espacial classificada para o U.S. National Reconnaissance Office. A missão, NROL-101, decolará da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, às 19h58 (horário de Brasília).

05 de novembro: foguete da SpaceX, Falcon 9, lançará o quarto satélite de navegação de terceira geração da Força Aérea dos Estados Unidos, designado GPS 3 SV04, para o Sistema de Posicionamento Global.

A nave decolará da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, em uma janela de lançamento de 15 minutos que se abre às 20h24 (horário de Brasília).

06 de novembro: o foguete chinês Long March 6 lançará 10 satélites de imagem ÑuSat para a Satellogic, uma fabricante argentina de satélites e empresa de sensoriamento remoto. A missão decolará do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, na província chinesa de Shanxi.

07 de novembro: veículo de lançamento de satélite polar da Índia (PSLV-C49) lançará o satélite de observação da Terra EOS 1 para a Organização de Pesquisa Espacial da Índia. A missão decolará do Centro Espacial Satish Dhawan em Sriharikota, Índia, às 06h32 (horário de Brasília).

12 de novembro: a Lua minguante estará em conjunção com Vênus às 18h30. Procure o par acima do horizonte, ao leste, antes do amanhecer.

13 e 14 de novembro: o foguete Arianespace Vega lançará o satélite de observação da Terra, o SEOSat-Ingenio, e o satélite de pesquisa científica Taranis do Centro Espacial da Guiana em Kourou, Guiana Francesa, às 22h52.

14 de novembro: SpaceX lançará sua primeira missão operacional Crew Dragon para a Estação Espacial Internacional, chamada Crew-1, com os astronautas da Nasa, Michael Hopkins, Victor Glover e Shannon Walker e o japonês Soichi Noguchi.

A missão será lançada do Kennedy Space Center da Nasa, em um foguete SpaceX Falcon 9, às 21h49 (horário de Brasília).

16-17 de novembro: pico da chuva de meteoros Leônidas.

18 de novembro: os cosmonautas Sergey Ryzhikov e Sergey Kud-Sverchkov farão uma caminhada espacial de seis horas fora da Estação Espacial Internacional para verificar o hardware da estação e encmainhar experimentos científicos. A caminhada no espaço está programada para começar aproximadamente às 11h30.

No mesmo dia, o foguete Falcon 9 lançará uma carga de nave espacial para o U.S. National Reconnaissance Office. A missão, designada NROL-108, decolará da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida.

19 de novembro: a Lua crescente estará em conjunção com Júpiter às 05h57. Pouco depois, estará em conjunção com Saturno, às 11h51. Mais um espetáculo no céu noturno.

24 de novembro: foguete russo Angara-A5 será lançado, em seu segundo voo de teste orbital, do Cosmódromo de Plesetsk, na Rússia.

25 de novembro: Lua crescente estará em conjunção com Marte às 16h46 (horário de Brasília). Procure o par acima do horizonte, ao leste, e após o pôr do Sol.

29 de novembro: foguete japonês H-2A lançará o primeiro satélite de relé óptico de dados do Japão, com uma carga útil de comunicações a laser em órbita geossíncrona. A nave partirá do Centro Espacial Tanegashima do Japão, entre 04h15 e 06h15 (horário de Brasília).

30 de novembro: um eclipse lunar penumbral será visível nas Américas, Austrália e Ásia. A Lua começará a passar pela sombra da Terra às 04h32 (horário de Brasília) e o eclipse durará quatro horas e 20 minutos.

A Lua cheia de novembro, conhecida como "Lua do Castor", ocorrerá às 06h30 (horário de Brasília).

O foguete SpaceX Falcon 9 lançará o satélite de comunicações Turksat 5A para o operador turco de satélites Turksat. A missão partirá da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida.

 

Para onde eu olho?


Nascer do Sol visto do espaço Crédito: Diário do Rio

Para facilitar a orientação e saber em que direção olhar, é importante identificar os principais pontos cardeais. Para isso, você pode usar um velho truque ou um app em seu celular.

O velho truque é baseado em uma frase que todo mundo já ouviu na vida: o Sol nasce a leste e se põe a oeste. Assim, para se localizar, fique em pé e estique os braços, com o direito apontando para o nascente e o esquerdo para o poente. Então você terá o leste à direita, o norte à frente, o oeste à esquerda e sul atrás de você.

Quanto aos app, existem inúmeras opções. Quem usa um iPhone não precisa de um app extra, basta usar o “Bússola”, que é parte do iOS. Para Android, a recomendação é o “Apenas uma bússola”, da PixelProse SARL, que é bonito, simples, gratuito e, mais importante, sem anúncios.

 

Com informações do site Olhar Digital. Por favor clique aqui para ler a matéria original

Já está no ar a Edição 280 da Revista UFO. Aproveite!

Outubro de 2020

Intervenção extraterretre