DESTAQUE

Novo vídeo mostra UFOs brilhantes perto do navio USS Omaha, da Marinha dos Estados Unidos

Por
30 de Junho de 2021
Mais uma evidência complementar vaza sobre o avistamento em massa da Marinha dos Estados Unidos.
Créditos: GettyImages

Outro vídeo do encontro de UFOs com a Marinha dos Estados Unidos na costa do sul da Califórnia foi publicado. O cineasta Jeremy Corbell divulgou o vídeo. Corbell, junto com Mystery Wire, confirmaram que o vídeo foi gravado por pessoal da Marinha a bordo do USS Omaha e mostra objetos não identificados no ar próximo ao navio.

O vídeo foi feito por membros da mesma equipe que gravou a tela do radar mostrando objetos e gravou a tela da câmera térmica FLIR mostrando um objeto parecendo entrar e sair do oceano. O novo vídeo foi gravado por volta das 23h na escuridão total do oceano Pacífico. Em um ponto do vídeo, um objeto que está piscando pode ser visto cruzando o campo de visão. Corbell especula que se trata de um avião, mas não pode confirmar isso. Os outros objetos visíveis estão emitindo uma luz brilhante que parece mudar de cor.

Durante uma entrevista com George Knapp, Corbell observou que, embora este vídeo possa não parecer muito se for o único que você assistir, junto com o vídeo de radar, vídeo FLIR e vídeo de visão noturna, ajuda a completar o quadro do que a Marinha dos Estados Unidos encontrou na costa de San Diego em 2019. George Knapp conversou com Corbell e pediu-lhe que explicasse este vídeo e como ele se relaciona com os outros vídeos e fotos do mesmo encontro.

“Todo mundo quer dados corroborativos do sensor, eles querem informações corroborativas. Bem, o Pentágono agora tem essa filmagem, deve ser uma coisa fácil para eles corroborarem, sendo honesto com o público americano, que isso foi de fato filmado pela Marinha do convés do USS Omaha, e que está envolvida no caso que ainda está sendo investigado. Porque os objetos que enxamearam nossos navios da Marinha ainda não foram identificados. Mas há luzes e podemos ver”, disse Corbell.


O novo vídeo, vazado para Jeremy Corbell, mostra o que seriam os UFOs piramidais vistos a olho nu.
Fonte: Jeremy Corbell/Mystery Wire

“Havia algumas cores diferentes nas luzes que o branco descrito, como azul e vermelho. Você sabe, vermelho, branco e azul claro. Eu queria que estes objetos fossem nossos, mas não são. A propósito, isso foi completamente descartado por nossas próprias investigações militares através do Escritório de Inteligência Naval, do Pentágono: estes não são nossos, não sabemos de onde eles vieram, não sabemos para onde eles foram. Nenhum deles foi capturado. Não sabemos quem eles eram”, completou. Ele continua, afirmando que não é que tais objetos tivessem um desempenho extremo, mas sim que eram “atrevidos.”

“E não estamos falando apenas de 1, 2, 3, 4, 5, 14... estamos falando de cerca de 50 a mais de 100 desses, simultaneamente, enxameando nove navios de guerra diferentes, até onde sei, de formato semelhante, embora alguns de formatos diferentes, como sabemos do USS Russell, mas eles estavam em cima. E a maioria dos navios experimentou um pairando diretamente acima, imóvel, estacionário, com os outros fazendo movimentos ao redor dos navios.” Eis, portanto, a nova filmagem. E o que é importante sobre ela é que se vê as luzes no céu, a olho nu. Claro, a qualidade não é muito diferente de inúmeros registros que temos pelo mundo. Mas é a origem disso, a procedência disso, a informação que vem com isso que pesa.

Então, agora temos diversas formas de dados para este todo: temos o vídeo em visão noturna, o térmico, o de radar, temos relatórios classificados e não classificados, e agora, adicionalmente, imagens de vídeo sem filtros ou tecnologias especiais, mas isso foi filmado pela equipe que estava no USS Omaha. “A mesma equipe registra a imagem térmica da tela, a mesma equipe filma a imagem da tela do radar e, em seguida, sobe para o convés para obter algumas gravações de vídeo do que está no céu em visão noturna e convencional”, complementa George Knapp. Esse caso fica cada vez mais surpreendente devido a quantidade de informações e evidências acumuladas em um único evento. Haveria mais por detrás desse incrível avistamento?

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos