NOTÍCIA

Nave New Horizons é acionada após hibernação para encontro no Ano Novo de 2019

Por Equipe UFO | 11 de Junho de 2018

Em 1 de janeiro de 2019 a New Horizons visitará o objeto 2014 MU69, apelidado de Ultima Thule
Créditos: NASA

Nave New Horizons é acionada após hibernação para encontro no Ano Novo de 2019

Após o histórico encontro com Plutão em julho de 2015, completando o reconhecimento dos corpos principais do Sistema Solar que são ou já foram reconhecidos como planetas, a nave New Horizons da NASA passou um longo tempo no que é chamado de modo de hibernação. Em 5 de junho último o centro de controle da agência espacial recebeu um sinal da nave sinalizando seu retorno ao funcionamento pleno e, pelos dias seguintes, a equipe da missão realizou várias tarefas. Entre elas foram enviados comandos aos computadores de bordo, atualização da memória da nave, recebimento de dados científicos sobre o Cinturão Kuiper, região do Sistema Solar em que a nave viaja atualmente e vários outros.

Esse processo deverá durar cerca de dois meses e em agosto a New Horizons começará a missão de observação de 2014 MU69, apelidado informalmente de Ultima Thule. Esse Objeto do Cinturão Kuiper (KBO) mede cerca de 30 km de extensão, e está 1,5 bilhão de quilômetros além de Plutão, ou 6,5 bilhões de km da Terra, e leva 295 anos para completar uma volta ao redor do Sol. Existe até a suspeita de que seja um corpo duplo, o que a nave irá confirmar em 1 de janeiro de 2019, passando a cerca de 3.500 km de sua superfície. As observações da New Horizons em agosto irão garantir que ela está na trajetória certa para o encontro, e determinar a necessidade de correções de rumo. Em setembro o maior enfoque será procurar por objetos menores nas proximidades de Ultima Thule, a fim de garantir a segurança da missão.

De outubro em diante as imagens de Ultima Thule obtidas pela New Horizons serão melhores que as do telescópio espacial Hubble. Por sinal, o apelido Ultima Thule foi escolhido por significar Além de Thule, ou além da borda do mundo conhecido. Após a passagem da nave por Plutão esse objeto foi escolhido como próximo alvo da New Horizons por não estar muito distante da trajetória seguida pela nave, podendo ser atingido com poucas correções de rumo e assim poupando o combustível de seus motores de manobra. O formato de Ultima Thule será conhecido após 25 de dezembro, e em 1 de janeiro de 2019, as 12h33 EST, na verdade logo após as celebrações de Ano Novo na costa leste norte-americana, a New Horizons fará sua maior aproximação para com o KBO. Os cientistas da missão estimam que as imagens obtidas mostrarão características de Ultima Thule do tamanho de uma casa. Serão meses de muito trabalho para a equipe da New Horizons e a NASA já admite a possibilidade de investigar outros KBOs que estejam próximos do curso da nave no futuro.

Visite o site oficial da missão New Horizons

Confira um documentário sobre a missão New Horizons

Assista a uma produção sobre planetas anões

Próximo objetivo da nave New Horizons se revela mais misterioso do que antes se considerava

Plutão pode possuir uma grande camada de carbono sob sua superfície

Nave New Horizons transmite últimas informações de Plutão para a Terra

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. A série contém ainda detalhes do funcionamento de satélites espiões, do desenvolvimento da Estação Espacial Internacional e da implantação do telescópio Hubble. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Compartilhe essa notícia:

Saiba mais sobre este assunto na edição 226 da revista

Comentários