DESTAQUE

NASA soluciona problema e telescópio Hubble poderá voltar a operar

Por
19 de Julho de 2021
NASA resolveu problema do telescópio Hubble.
Créditos: NASA

Agência espacial norte-americana utilizou um sistema de backup do Hubble para solucionar a falha técnica que havia interrompido a coleta de dados do equipamento desde junho.

Faz pouco mais de um mês que a NASA vem tentando consertar o telescópio espacial Hubble, lançado ao espaço em 1990 e conhecido por revolucionar a astronomia. Agora, o problema que interrompeu as atividades do equipamento em 13 de junho foi solucionado, conforme informou a agência espacial em comunicado divulgado nesta sexta-feira, 16 de julho.

A falha técnica tinha sido detectada pelo computador de carga útil, responsável por controlar e monitorar a “saúde” dos instrumentos científicos. O dispositivo identificou um erro de comunicação no sistema e colocou os equipamentos no modo de segurança, fazendo com que eles parassem de coletar informações sobre o espaço. A equipe da NASA realizou uma série de análises e determinou que seria preciso trocar a unidade de Comando de Instrumentos Científicos e Manipulação de Dados (SIC&DH), da qual o computador de carga útil faz parte.

Pouco antes do hardware ser substituído por um sistema de reserva, os engenheiros concluíram que a Unidade de Controle de Energia (PCU), que distribui energia para os componentes da SIC&DH, era a fonte do problema. Como há uma PCU dentro da unidade de Comando de Instrumentos Científicos e Manipulação de Dados, a mudança que já estava planejada foi feita nesta quinta-feira, 15 de julho.


O Telescópio Espacial Hubble foi implantado em 25 de abril de 1990 a partir do ônibus espacial Discovery. Evitando distorções da atmosfera, o Hubble tem uma visão desobstruída, analisando planetas, estrelas e galáxias, alguns a mais de 13.4 bilhões de anos-luz de distância.
Fonte: NASA/Smithsonian Institution/Lockheed Corporation

Em seguida, o computador de carga útil foi ligado, carregado com o software de voo e colocado no modo de operação normal. “O Hubble está de volta!”, comemorou Tom Brown, chefe do escritório da missão Hubble, em e-mail enviado à equipe por volta das 06h00 da manhã (nos Estados Unidos). “Estou animado para vê-lo voltar a explorar o Universo”, disse Brown, segundo relatado pela Science Magazine.

Os próximos passos da equipe incluem monitorar o hardware para garantir que tudo esteja funcionando como deveria e retirar os instrumentos científicos do modo de segurança - o que pode demorar mais de um dia, porque é necessário realizar testes e assegurar que as temperaturas estejam estáveis. Por fim, alguns dos equipamentos serão calibrados e, então, todos os componentes do Hubble estarão prontos para voltar à ativa.

Fonte

UFO Recomenda

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos