DESTAQUE

NASA investe em missão à lua de Júpiter em busca de vida alienígena

Por
10 de Setembro de 2019
Ilustração da sonda Europa Clipper
Créditos: NASA / JPL- Caltech

Um dos locais em que os cientistas acreditam que poderia abrigar formas de vida alienígena no Sistema Solar é a lua jupteriana Europa, que consiste em um satélite ligeiramente menor do que a nossa Lua, mas que abriga um imenso oceano.

Para explorar essa possibilidade, a NASA decidiu investir em uma missão espacial, a Europa Clipper, e a agência anunciou que o projeto fez um importante avanço e está pronto para passar à fase final de design que, por sua vez, dará lugar à etapa de construção e testes da nave.

Progresso

A lua Europa é o sexto maior satélite da nossa vizinhança estelar e observações revelaram que ela possui uma fina atmosfera – composta principalmente por oxigênio – e uma superfície de gelo incrivelmente lisa. Essa característica sugere fortemente que sob essa “casca” gelada exista uma enorme quantidade de água em sua forma líquida.

E onde há água, pode haver vida e é por isso que a NASA quer dar uma vasculhada por lá. O pessoal da agência deve dar início ao desenvolvimento e montagem dos dispositivos necessários para a realização de estudos científicos que estarão a bordo da sonda espacial.

Os engenheiros e demais cientistas envolvidos no projeto estão se baseando em outras missões espaciais de sucesso – como a Cassini e a Galileo – para definir quais equipamentos devem ser incluídos, e a expectativa é de que a Europa Clipper esteja prontinha em 2023, embora o lançamento seja esperado para 2025.

"Estamos todos entusiasmados com a decisão que aproxima a missão Europa Clipper de desvendar os mistérios deste mundo oceânico", disse Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missões Científicas na sede da NASA em Washington. "Estamos aproveitando as descobertas científicas recebidas das naves espaciais Galileu e Cassini e trabalhando para melhorar nossa compreensão de nossa origem cósmica e até da vida em outros lugares".

O Laboratório de Propulsão a Jato (JPL) da NASA em Pasadena, Califórnia, lidera o desenvolvimento da missão Europa Clipper em parceria com o Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins para a Diretoria de Missões Científicas. O Europa Clipper é gerenciado pelo Escritório do Programa de Missões Planetárias do Marshall Space Flight Center da NASA em Huntsville, Alabama.

Fonte: JPL/NASA

Já está no ar a Edição 271 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2019

Abdução em Pascagoula

UPDATED CACHE