DESTAQUE

Não é um UFO, é o gigantesco drone de ataque S-70 Okhotnik da Rússia

Por
05 de Setembro de 2019
Maquete do drone de combate russo S-70 Hunter-B exposta no MAKS 2019.
Créditos: cavok.com

No decorrer do Salão Internacional Aeroespacial MAKS 2019, a fabricante russa de aeronaves civis e militares Sukhoi exibiu ao público como irá evoluir o gigantesco drone de ataque S-70 Okhotnik.

Desde que as fotos do novíssimo drone furtivo aparecerem pela primeira vez, os especialistas ocidentais focaram sua atenção na tubeira de escape circular e determinados elementos que que sobressaem da fuselagem. No entanto,  ignoraram que o S-70 Okhotnik ainda está na fase de testes, tendo realizado seu primeiro voo em agosto de 2019.


Maquete do drone de ataque S-70 Okhotnik apresentada no Salão Aeroespacial MAKS 2019. Foto: Yevgeny Biatov

Isto significa que o aparelho que foi visto nas imagens está longe de ser a versão final e que muitos dos seus detalhes serão modificados.

Prova disso é a maquete do drone apresentada no pavilhão da fabricante Sukhoi no salão MAKS 2019, onde já puderam ser vistas algumas diferenças do drone atual. A mudança mais evidente é o aparecimento de uma tubeira plana, em vez da circular, que provavelmente será implementada com o novo motor para este veículo não tripulado.

O Okhotnik deverá se tornar o primeiro drone militar pesado de ataque das Forças Armadas da Rússia. O aparelho possui um motor turboreativo do modelo AL-31, usado em caças como o Su-27.

O novo drone tem forma de "asa voadora" e foi produzido com materiais e revestimentos que o tornam quase imperceptível à detecção por radar.

O primeiro voo da aeronave não tripulada Okhotnik durou mais de 20 minutos. A aeronave sobrevoou o território do aeródromo a uma altitude de cerca de 600 metros e depois disso aterrissou com sucesso, informa o Ministério da Defesa da Rússia.


Em entrevista à RT, Eduard Bagdasarian, membro da Associação de Operadores e Desenvolvedores de Sistemas Aéreos Não Tripulados, afirmou que ainda não existem análogos do Okhotnik no mundo. O especialista sublinhou que pelo peso de sua carga útil o aparelho só cede um pouco perante as aeronaves mais modernas da Força Aeroespacial da Rússia.

"O Okhotnik é semelhante ao RQ-4 Global Hawk norte-americano pelo tipo de missões realizadas, mas estruturalmente os aparelhos são completamente diferentes. O Okhotnik poderá levar até 7-8 toneladas de munições – quase tanto como um caça-bombardeiro. Nenhum drone militar no mundo tem essa capacidade", contou Eduard Bagdasarian.

Segundo os fabricantes, o drone será capaz de cumprir missões militares a centenas ou milhares de quilômetros do local do lançamento. Depois de terminar os testes oficiais, o drone vai ser incorporado no equipamento da Força Aeroespacial da Rússia.

Fonte: Russian.rt

Já está no ar a Edição 271 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2019

Abdução em Pascagoula

UPDATED CACHE