DESTAQUE

Não é UFO, é fake ou engano, e você precisa saber.

Por
11 de Junho de 2020
Concepção artística de um UFO
Créditos: Fox News

Vídeos e fotos de UFOs têm sido fraudados desde o início da Ufologia, mas nada se compara ao que temos visto acontecer na última década, quando os números dispararam.

Todos nós já vimos vídeos incríveis de UFOs luminosos fazendo manobras impossíveis ou então apenas permanecendo parados no céu, como se nos observassem.

Esse tipo de imagem circula livremente no YouTube e nas redes e compartilhamento, sempre com títulos sensacionalistas e normalmente acompanhado de áudios que dizem “Oh, o que é aquilo? Meu Deus!”.

Aqui no Brasil, são enviados como tendo sido filmados no Hemisfério Norte. Por lá, circulam como se tivessem sido filmados no Hemisfério Sul. Muitos deles são atribuídos a avistamentos feitos no Brasil. Nenhum deles é verdadeiro.

Fraudes e enganos


Cena da série Blue Book {2109] Crédito: History Channel

A quantidade de fakes que circulam por aí é tão grande, que nem sempre conhecemos todos, e constantemente vemos renascer algum fake esquecido, que surge como uma onda, sendo apresentado como novo, e as pessoas acreditam.

E aqui vale uma observação: nunca acredite, pesquise. Ufologia não é religião, não tem dogmas nem está acima de questionamentos. Ufologia é estudo, pesquisa e muita reflexão. Não aceite tudo como sendo real, mesmo porque 99% é engano ou fraude proposital.

Para ajudar a esclarecer algumas filmagens que andaram circulando por aí como sendo UFOs, nosso conselheiro especial e especialista em vídeos João Marcelo Marques Rios, do canal João Marcelo no YouTube, muito conhecido de quem se interessa pelo assunto, produziu um vídeo ilustrativo, que mostramos logo abaixo.

"Infelizmente 99% dos vídeos de UFOs que estão na internet são fraudes ou erros de interpretação. Vênus, aviões, satélites, sinalizadores militares, tudo é confundido com naves em visita a Terra. E um outro fenômeno surgiu na internet, a ressuscitação de fakes já explicados que ressurgem todos os dias em canais monetizados. Os propagadores de fraudes ganham dinheiro enganando os aficionados", explica o conselheiro da UFO.

E ele nos dá uma dica: "Uma boa dica é sempre visitar a página do Facebook  UFOs & Fact Checking Group, que diariamente expões fakes e fala sobre o assunto".

Nesse universo nem tudo é fraude, há muitos enganos sinceros por falta de conhecimento de quem produziu as imagens, mas aqui deixamos um alerta: muitas vezes a mesma imagem aparece em cenários diferentes porque o vídeo foi reeditado. Há casos, e não são poucos, em que imagens tiradas de documentários são apresentadas como sendo a "filmagem da semana".  Todo cuidado é pouco.

Já está no ar a Edição 276 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2020

A Ufologia e seus demônios