DESTAQUE

Mutilações misteriosas de gado continuam no Oregon, Estados Unidos, e Entre Ríos, Argentina

Por
28 de Agosto de 2021
O Oregon volta a ser palco de mais mutilações, assim como Entre Ríos, na Argentina.
Créditos: GettyImages

Novos misteriosos casos de mutilação de gado surgem no Oregon, Estados Unidos, e Entre Ríos, Argentina. Ambos têm sido alvos de grande incidência de ataques este ano e a crescente ousadia nas agressões e mortes a animais têm gerado grande preocupação. Estariam os casos relacionados?

Começando em Oregon, onde o rancho Thomas Angus relatou ter encontrado um touro puro-sangue Black Angus, avaliado em US$4.500,00, morto e mutilado em 14 de agosto no condado de Wheeler. Como na maioria dos casos de mutilação, o proprietário encontrou o touro sem nariz, língua, bochecha esquerda, orelha, olhos, órgãos reprodutivos e parte da cauda - tudo removido com o que pareciam ser cortes cirúrgicos precisos. Não foi possível realizar a necropsia porque o touro estava em decomposição, morto há mais de 24 horas.

A Capital Press relata que este é o quinto caso de mutilação de gado no condado de Wheeler nos últimos 20 meses, enquanto o condado vizinho de Harney teve cinco casos nos últimos quatro anos, dois neste ano em maio e julho. O condado adjacente de Crook teve alguns no início de 2021. Os departamentos do xerife em todos os condados estão compartilhando informações, mas o deputado Jeremiah Holmes, do Gabinete do Xerife do condado de Wheeler, que investigou vários deles, diz que todos os dez casos nos condados de Wheeler e Harney ainda estão abertos, e todos os dez são “assustadoramente semelhantes.” Eles chegaram a notificar o FBI, mas ficaram desapontados com sua resposta: basicamente, nada a se fazer.

Nas últimas semanas, ocorrências incomuns de animais mutilados surgiram na província. Em Hasenkamp um produtor encontrou uma novilha de cerca de 400Kg com estranhas mutilações: faltavam o úbere, genitais, parte da mandíbula, língua e olhos. Enquanto isso, em Isletas, departamento de Diamante, uma família encontrou uma de suas cabras mutiladas, faltando a língua toda, os dois olhos, uma orelha e a mandíbula. Os dentes estavam escavados, até o osso.

Enquanto o Oregon é o principal centro de mutilação de gado no hemisfério norte, a Argentina detém essa honra duvidosa ao sul do equador. El Once relata duas ocorrências recentes na província de Entre Ríos, no nordeste da Argentina, com os mesmos tipos de mutilações observadas no Oregon. Enquanto o Chupacabra às vezes é culpado por mutilações na Argentina, El Once contatou a ufóloga Andrea Pérez Simondini, que diz que luzes misteriosas são frequentemente vistas na época dessas mutações e pensa que eles têm uma “relação direta” entre si.


O mistério continua sem solução, trazendo prejuízo e medo aos rancheiros.
Fonte: Photo Stock

“Metade das reclamações são acompanhadas de avistamentos de luzes e alterações físicas no animal, falta de grandes volumes de água na área, como em tanques australianos, e falta de energia. E quando verificamos o local, há uma espécie de alteração no solo com condutividade elétrica. Estamos muito interessados neste tipo de caso, porque reconhecemos um método de corte similar ao denominado ‘serrado’; que é feito com uma espécie de serra, e graças às fotos conseguimos identificá-la na mandíbula de uma cabra”, disse Andrea.

A ufóloga diz que esse tipo de serra é usado em pesquisas genéticas e há anos tenta fazer com que as autoridades vejam essas mutilações como possíveis coletas de amostras genéticas por alienígenas. Tal como acontece com as mutilações de gado e animais em geral, é difícil entender por que os extraterrestres só iriam colher amostras de vacas, cabras e outros animais de campo, e não humanos ou outros animais ou vida selvagem. Muitos acreditam que esta é uma pesquisa genética secreta feita por humanos, seja no enorme e competitivo negócio de gado ou no governo, onde eles podem estar fazendo pesquisas secretas de doenças.

Ela aponta a questão da latitude: as mutilações argentinas ocorreram no paralelo 32o Sul, enquanto as do Oregon, no paralelo 44o Norte. Alguns pesquisadores nos Estados Unidos plotaram avistamentos de UFOs e mutilações de gado em um mapa e encontraram uma alta concentração ao longo do paralelo 37o Norte, que vai da Califórnia a Nevada, Colorado, Kansas, Missouri, Illinois, Kentucky e até a Virgínia, e inclui a Área 51 e a suposta base alienígena subterrânea secreta em Dulce, assim como Taos, Novo México, lar de muitos mistérios, incluindo seu famoso zumbido.

A rodovia UFO está se expandindo além do paralelo 37o e abrindo um corredor sul? Isso pode ser atribuído à mudança climática? Mutilações de gado e animais em todo o mundo parecem ser crimes que deveriam ser facilmente resolvidos. Por que ainda não foram? O mistério continua.

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos