DESTAQUE

Mulheres afirmam que fizeram sexo com ETs e tiveram filhos que vivem com os pais em naves espaciais

Por
23 de Dezembro de 2020
Mulheres de vários lugares do mundo estão vindo a público admitir terem feito sexo com ETs
Créditos: Mirros

Conheça casos de abduções alienígenas com relações sexuais ocorridos a mulheres americanas, que garantem terem vivido experiências extraordinárias

Bridget Nielson, 27 anos, e Aluna Verse, 23, alegam que fizeram sexo com ETs e tiveram treze filhos com DNA alienígena e humano, também chamados de híbridos. Ambas disseram que foi a melhor experiência sexual da vida delas.

Ex-executiva de marketing, Bridget disse que todas as relações foram incríveis e que muitas mulheres estão perdendo por não terem a oportunidade de fazer sexo com aliens. Ela afirmou em entrevista que a falta de evidências não quer dizer nada, porque em muitos casos os ETs só levam as mulheres que no fundo “querem viver tais experiências”, segundo disse.

A mulher, que vive com os pais no Arizona, Estados Unidos, contou que tem dez filhos híbridos, quatro meninos e seis meninas. Ela disse ainda que os seres extraterrestres estão criando essas crianças para melhorarem a humanidade. As mães produziram em desenhos como são os seus filhos com os aliens e todos eles apresentam olhos grandes e negros, além de realmente terem misturas de humanas

Aluna diz que foi tomada a bordo de um navio por uma criatura reptiliana verde em um “estado de sonho” e descreveu o sexo que teve como uma de suas lembranças mais vívidas. A única coisa que Bridget e Aluna lamentam é que nunca encontram os seus filhos na Terra e que se sentem tristes por isso. Elas falam que as pessoas dizem lhes que são loucas, mas que na verdade isso realmente aconteceu com elas.

À direita, Bridget Nielson, que afirma ter tido filhos com seres extraterrestres, e Aluna Verse
Crédito: Mirror

Declarações bizarras e polêmicas

As declarações são bizarras e polêmicas, é verdade, mas as mulheres são pessoas sãs e conscientes. E não estão sozinhas. Niara Terela Isley, ex-oficial de rastreamento de radar para a Força Aérea Norte-Americana (USAF), diz ter sido sequestrada por um “humanoide com cauda”, em suas palavras. Ela, que atualmente mora no estado do Colorado, afirma que as abduções ocorriam durante à noite. Em seguida, era levada para uma base secreta no lado mais distante da Lua

Mas não para por aí. Enquanto estava lá, Niara disse que foi feita de escrava sexual e foi obrigada a manter relações com alienígenas. Além disso, no lado escuro da Lua, ela disse que “havia um monte de abuso sexual”. Todas as abduções aconteceram, segundo a vítima, quando ela tinha 25 anos

Niara garantiu, durante uma entrevista ao jornal britânico Mirror, que foi levada ao espaço umas oito ou dez vezes, durante vários meses. “Acredito que minha memória tenha sido apagada. Mesmo assim, eu lembrei de muita coisa”, disse

Disse que só não descreveu a série de incidentes bizarros antes porque, após os sequestros, não se lembrava muito do que tinha acontecido. “Hoje me recordo bem”. Em tentativa de preencher os buracos em sua memória, procurou ajuda da hipnose regressiva para descobrir mais detalhes sobre os abusos que sofreu na Lua.

Afirmações extraordinárias requerem evidências extraordinárias

Você acredita nas estórias de Bridget Nielson, Aluna Verse e Niara Terela Isley? “Bem, a frase correta para avaliar esta situação é: ‘Afirmações extraordinárias requerem evidências igualmente extraordinárias’”, afirmou o editor da Revista UFO A. J. Gevaerd. Porém, raramente as abduções alienígenas – com ou sem experiências sexuais a borde de naves – são acompanhadas de evidências.

O consultor de UFO Cláudio Tsuyoshi Suenaga, hoje residindo no Japão, publicou recentemente pela Biblioteca UFO o livro 50 Tons de Greys: Abduções com Relações Sexuais, em que faz a revelação surpreendente de que outras inteligências cósmicas estão recolhendo material genético humano por meio de experiências sexuais a bordo de UFOs.

Ou seja, em sua pesquisa, Suenaga confirma casos de abduções alienígenas com relações sexuais, que ocorreriam mais com homens do que mulheres terrestres, e narra algumas dúzias de episódios assim. “Estes casos são concretos e sua investigação é fundamental ´para entender o comportamento alienígena”, diz.

Suenaga é reconhecido como pesquisador rigoroso e isento, que trabalhou mais de uma década para juntar os acontecimentos que você encontrará em seu livro. Ele assegura que várias raças cósmicas fazem tais experimentos com humanos e sugere que seu objetivo seja a geração de uma espécie híbrida, meio humana, meio alienígena.

O livro do experiente pesquisador Cláudio Tsuyoshi Suenaga, à venda na Loja UFO por R$ 53,40.
Crédito: Biblioteca UFO

Conheça e compre aqui a obra: 50 Tons de Greys

Fonte: Mirror

Já está no ar a Edição 281 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2020

Marcados por extraterrestres