DESTAQUE

Muito mais UFOs são detectados do que se divulga, diz ex-diretor de Inteligência dos Estados Unidos

Por
23 de Março de 2021
O prazo para a divulgação do relatório da Inteligência sobre UFOs está se aproximando.
Créditos: Bill Clark/CQ Roll Call/AP

Um ex-alto oficial da Inteligência norte-americana aumentou as expectativas para uma divulgação futura do governo dos Estados Unidos a respeito do que se sabe sobre os UFOs. Segundo ele, não sabemos da metade do que se registra sobre o Fenômeno UFO.

John Ratcliffe, que atuou como diretor de inteligência nacional sob o ex-presidente Donald Trump, foi questionado na Fox News, no dia 19 de março, pela apresentadora Maria Bartiromo sobre o que ele sabia a respeito de objetos voadores não-identificados, os quais têm capturado a imaginação das pessoas por gerações.

Ratcliffe disse: “Há muito mais avistamentos do que os que foram divulgados. Alguns deles foram desclassificados. E quando falamos de avistamentos, estamos falando de objetos que foram vistos por pilotos da Marinha ou da Força Aérea, ou foram captados por imagens de satélite que, francamente, se engajam em ações difíceis de explicar. Movimentos difíceis de replicar e para os quais não temos tecnologia. Ou viajando a velocidades que excedem a barreira do som sem um estrondo sônico.”

Depois de dizer que houve avistamentos em todo o mundo, Ratcliffe insistiu que relatos de fenômenos aéreos não-identificados (UAP) que já estão sob os olhos do público são apenas parte do quadro geral. Ratcliffe continuou: “Quando falamos sobre avistamentos, a outra coisa que direi é que não é apenas um piloto ou apenas um satélite, ou alguma coleção de inteligência. Normalmente, temos vários sensores que captam essas coisas e algumas delas são fenômenos inexplicáveis.”

A divulgação está prevista para acontecer em algum momento entre agora e 01 de junho, de acordo com Maria. Isso é graças ao pacote de alívio do coronavírus de US$2.3 trilhões e ao projeto de lei de financiamento do governo que Trump sancionou em dezembro de 2020, que continha a Lei de Autorização de Inteligência do Comitê de Inteligência do Senado para o Ano Fiscal de 2021, com uma seção de “comentários do comitê”, que tratava de UAPs.


John Ratcliffe atiçou as expectativas sobre a divulgação do relatório da Inteligência sobre o Fenômeno UFO durante entrevista para a Fox News. Assista aqui.
Fonte: Fox News

A diretriz do painel estipula que o relatório deve identificar, entre outras coisas, quaisquer ameaças representadas por UAPs e se podem ser atribuídas a adversários de fora daqui. A comissão escreveu: “O relatório deve ser apresentado sob forma não classificada, mas pode incluir um anexo classificado.”

O Escritório do Diretor de Inteligência Nacional confirmou ao site Snopes que a legislação de socorro COVID-19 colocou em movimento uma contagem regressiva de 180 dias para que o secretário de defesa e diretor de inteligência nacional apresentassem aos comitês de inteligência e das forças armadas do Congresso o que o governo dos Estados Unidos sabe sobre UFOs.

Ratcliffe, que como diretor de inteligência nacional de maio de 2020 a 20 de janeiro de 2021 supervisionou a comunidade de inteligência dos Estados Unidos, disse que as autoridades sempre procuram uma “explicação plausível”, mas às vezes simplesmente não há uma. Ele disse: “Condições climáticas podem causar distúrbios, distorções visuais. Às vezes nos perguntamos se nossos adversários têm ou não tecnologias um pouco mais avançadas do que pensávamos ou imaginávamos. Mas há casos em que não temos boas explicações para algumas das coisas que vimos.” Resta-nos aguardar que o relatório seja revelado no prazo.

Fonte

UFO Recomenda

Já está no ar a Edição 279 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2020

Segredos ufológicos nos corredores do Pentágono