DESTAQUE

Ministério da Defesa espanhol investigou casos ufológicos nos anos 70 e 80

Por
31 de Julho de 2017
Um dos casos envolveu a perseguição a um UFO empreendida por um Mirage F1 do Ejército del Aire como o da foto
Créditos: Arquivo

O Ministério da Defesa da Espanha investigou ao menos oito ocorrências na província de Alicante, na região da Comunidade Valenciana, entre os anos 70 e 80. O Ejército del Aire, como é chamada a Força Aérea Espanhola, liberou cerca de 80 arquivos recentemente, detalhando esses incidentes. Um dos incidentes envolveu o Esquadrão de Vigilância Aérea (EVA) em Aitana, em 28 de julho de 1975. Vários oficiais observaram um UFO passando sobre as instalações militares às 05h30 e o radar local captou um eco parado sobre o oceano.

Outra ocorrência se deu em 06 de fevereiro de 1979 às 21h17. O EVA 5 captou pelo radar um objeto sobre o mar e ao mesmo tempo a tripulação do navio tanque Tamames observou múltiplas luzes sobre a área. Em 13 de março do mesmo ano o radar da base de Aitana captou outro eco desconhecido rumando para a Península Ibéria. Um caça Dassault Mirage III decolou da base de Manises para averiguar, porém o documento não entra em detalhes quanto ao resultado. Em 11 de novembro de 1979 um voo da companhia aérea TAE informou ter visto luzes desconhecidas na rota de Mallorca para Tenerife, sobre a cidade de Valência. Um Mirage F1 pilotado pelo capitão Fernando Cámara decolou da base Los Llanos em Albacete, no caso que ficou conhecido como Incidente Manises, um dos mais importantes da Ufologia Espanhola.

O Ejército del Aire também investigou o caso do avistamento de um "fenômeno estranho", conforme consta do documento, observado em 25 de fevereiro de 1969 pela tripulação do voo 435 da companhia aérea Iberia, que viajava de Palma a Madri. Outro incidente, desta vez envolvendo um OSNI, aconteceu em 26 de abril de 1986. Um objeto foi visto mergulhando no mar nas proximidades de Benidorm às 18h00, a partir da instalação EVA 5 de Sierra de Aitana. A Guarda Civil foi avisada do caso, porém os militares aparentemente não investigaram o caso. A instalação de EVA 5 ainda se envolveu em outro incidente em 26 de julho de 1986, quando um objeto desconhecido percorrendo a rota Baleares a Cádiz foi detectado. A liberação desses documentos foi um processo iniciado em 1991, quando foram requisitados pelo pesquisador Vicente-Juan Ballester Olmos, que apresentou um documento intitulado El fenómeno OVNI y el Ejército del Aire ao comando da Força Aérea.

Visite o site do Ejército del Aire

Confira os documentos liberados

Impressionante avistamento de UFO por pilotos em 1968

Ministério da Defesa da Espanha libera arquivos sobre UFOs

UFO com três ocupantes foi observado na Espanha em 1980

Ministério da Defesa da Espanha publica relatórios ufológicos

Documento da CIA descreve importante avistamento ocorrido em Barcelona

Aterrissagem ocorreu na Espanha em 1981

Saiba mais:

Livro: OSNIs: Segredos dos Russos

crédito: Revista UFO
OSNIs: Segredos dos Russos
OSNIs: Segredos dos Russos

O país que durante décadas foi um dos mais fechados do mundo é também o que tem a mais rica e intensa casuística ufológica, em especial de objetos submarinos não identificados (OSNIs). O ucraniano naturalizado norte-americano Paul Stonehill e o inglês Philip Mantle não se intimidaram diante dos desafios e juntos se puseram a coletar os mais impressionantes registros da manifestação de UFOs e OSNIs e da ação de seus tripulantes em todo o vasto território da então União Soviética, ou Rússia após a queda do comunismo.

DVD: UFOs nos Arquivos Secretos

Já está no ar a Edição 248 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2017

E se eles revidarem?

UPDATED CACHE