DESTAQUE

Militares britânicos têm vídeos de UFOs como os revelados pelo Pentágono

Por
20 de Maio de 2021
Nick Pope, que investigou o Fenômeno UFO para o MoD, acredita que já passou da hora de o Reino Unido divulgar seus achados.
Créditos: maltingsberwick.co.uk

Vídeos de UFOs gravados por militares, como os obtidos por pilotos no famoso incidente do USS Nimitz, estariam entre os mantidos a sete chaves pelo Ministério da Defesa britânico (MoD). Nick Pope, um dos maiores especialistas mundiais em UFOs, apelou ao MoD para divulgar informações sobre seus próprios encontros inexplicáveis.

Nick Pope, que trabalhou na pesquisa de UFOs para o Ministério da Defesa (MoD) dos Reino Unido na década de 90, disse ao jornal The Sun que é hora de o Reino Unido se apresentar e, como seu aliado norte-americano, divulgar mais informações sobre fenômenos aéreos não identificados que aconteceram em seus céus. Pope disse ao The Sun Online que o que está acontecendo nos Estados Unidos agora é muito importante - e questionou se as pessoas no Reino Unido podem estar subestimando o quão significativo o próximo relatório poderia ser para a questão dos UFOs.

Pope defende a divulgação de todas as imagens e fotos do MoD e não tem dúvidas de que a Marinha Real (RN) e a Força Aérea Real (RAF) provavelmente filmaram vídeos semelhantes aos que agora estão sendo oficialmente liberados pelos Estados Unidos. O pesquisador diz saber de fato que, quando lá trabalhou, o MoD tinha imagens de UFOs filmadas com câmeras de caças da RAF em filme de 8mm dos anos 50 e 60, além de fotografias dos anos 90 em diante.

Um exemplo seria a “foto de Calvine”, na Escócia. Pope disse ao The Sun que esta é uma das evidências mais convincentes de UFOs que ele já viu. “As fotos são as melhores possíveis. Elas foram avaliadas pelo pessoal da inteligência de defesa como reais - eram claramente visíveis, focadas, em plena luz do dia com um campo escocês ao fundo.” A imagem foi tirada em agosto de 1990 e dizem que mostra um objeto de 30m nas Terras Altas da Escócia. Pope diz que a foto costumava ficar pendurada na parede da unidade de investigação de UFOs em Whitehall, mas foi removido sem deixar vestígios quando surgiu uma disputa diplomática entre o Ministério da Defesa e os Estados Unidos.


Recriação de uma das fotografias de UFOs que, segundo Nick Pope, o Ministério da Defesa britânico teria em seu poder. Trata-se de um caso ocorrido perto de Calvine, Escócia, em 1990.
Fonte: thesun.co.uk

Portanto, a linha oficial afirma que não só essa foto como os referidos vídeos foram perdidos e/ou destruídos.  Pope, que também coletou vários testemunhos de pilotos militares sobre “incríveis encontros imediatos”, disse: “Temos exatamente o mesmo equipamento que o governo dos Estados Unidos, então tenho certeza de que há um tesouro de fotos e vídeos oficiais de UFOs, armazenado na sede do MoD.”

“Muitos dos pilotos não relataram suas experiências por medo do ridículo ou mesmo de uma avaliação psicológica”, continua. Funcionários atuais do MoD insistem que seu programa para estudar o fenômeno foi cancelado em 2009. No entanto, suspeita-se que investigações altamente secretas continuem ocorrendo – como o recente caso do Pentágono (AATIP, UAPTF) demonstrou – a portas fechadas.

E Pope acha que “tudo sugere” que o Reino Unido também continue em contato com os americanos trocando informações sobre o assunto. Ele conclui: “Peço ao Ministério que reabra os ‘Arquivos-X’ da vida real e trate o problema da maneira como deve ser tratado: como um sério problema de defesa e segurança nacionais.”

Fonte

Já está no ar a Edição 284 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2021

Biden revelará os segredos dos UFOs?