DESTAQUE

Memorando Bolender, o fim do projeto Livro Azul e o interesse dos Estados Unidos nos UFOs

Por
23 de Novembro de 2020
A presença dos UFOs foi e continua sendo de grande interesse para o governos dos Estados Unidos
Créditos: Revista UFO

O interesse dos Estados Unidos nos objetos voadores não identificados vem de longa data e mesmo com todas as negativas oficiais, hoje sabemos que o governo norte-americano pesquisou o assunto no passado e continua a fazê-lo até hoje.

Desde 2017, quando o jornal The New York Times publicou a primeira matéria exponde que havia no Pentágono um departamento encarregado de estudar relatos militares sobre UFOs, as históricas negativas em relação ao assunto caíram por terra.

De lá para cá outras reportagens vieram e todos acompanhamos a divulgação oficial de vídeos e a criação de comitês no congresso para se discutir o assunto que uniram republicanos e democratas, todos preocupados com a segurança nacional. Mas essa preocupação não começou agora.

Durante quase 18 anos, o Projeto Blue Book [Livro Azul] foi a casa oficial de coleta de relatos de UFOs, e atuou oficialmente de 1952 até janeiro de 1970. O fim do Projeto Blue Book foi sinalizado pelo governo em um documento conhecido como memorando Bolender.

De acordo com o memorando, o objetivo do Projeto Blue Book era “determinar se os UFOs representam uma ameaça à segurança dos Estados Unidos: e determinar se os objetos exibem qualquer informação científica única ou tecnologia avançada que poderia contribuir para a pesquisa científica ou técnica”.

Fim do projeto,  mas não da investigação


Os avistamentos e encontros protagonizados são pesqusiados há anos pelo Pentágono
Crédito: Revista UFO

Em 1966, o Escritório de Pesquisa Científica da Força Aérea contratou a Universidade do Colorado para conduzir uma investigação científica independente sobre UFOs e os pesquisadores recomendaram que o Projeto Blue Book fosse encerrado. 

O governo concordou e todas as atividades foram interrompidas oficialmente em 19 de janeiro de 1970. De acordo com o Comitê Nacional de Investigações sobre Fenômenos Aéreos (NICAP), Robert Todd obteve a divulgação do documento Bolender em janeiro de 1979.

Mas, conforme descrito no Bolender, relatos de encontros com UFOs continuaram a ser investigados por funcionários do governo. 

Na seção de resumo 6, o documento afirma que "relatos de UFOs que poderiam afetar a segurança nacional continuariam a ser tratados por meio dos procedimentos padrão da Força Aérea designados para esse fim".

Desde que o Projeto Livro Azul terminou, houve vários programas e estudos financiados pelo governo, incluindo o Programa de Aplicação Especial de Armas Aeroespaciais Avançadas (AAWSAP) e o Programa de Identificação Avançada de Ameaça Aeroespacial (AATIP).

Atualmente, com a mudança de governo nos Estados Unidos, ninguém sabe exatamente como serão conduzidas as investigações oficiais sobre os UFOs, mas é provável que sigam inalteradas, uma vez que os objetos são vistos como uma ameaça à segurança do país.

Para baixar o memorando Bolender, por favor clique aqui

Fonte Mystery Wire

Já está no ar a Edição 280 da Revista UFO. Aproveite!

Outubro de 2020

Intervenção extraterretre