1
DESTAQUE

Livro aponta a existência de material alienígena na Base Aérea Wright-Patterson

Por
14 de Setembro de 2017
Base Aérea de Wright-Patterson, onde há décadas a Ufologia denuncia estarem estocados alienígenas e suas naves
Créditos: Arquivo

Ao lado da Área 51 a Base Aérea de Wright-Patterson em Dayton, Ohio, tem sido longamente denunciada na Ufologia Mundial pelas últimas décadas como um local onde o governo dos Estados Unidos estoca materiais provenientes de quedas de UFOs, bem como os próprios tripulantes dessas naves. Lançado em 2016, o livro 50 Shades of Greys (CreateSpace Independent Publishing Platform) de Raymond Szymanski, tem sido cada vez comentado na mídia especializada, levando alguns a afirmar que este poderia ser um sinal de uma abertura ufológica no futuro próximo. O título do livro, que poderia ser traduzido em português para Cinquenta Tons de Cinzas, faz alusão ao famoso romance de Erika Leonard James adaptado ao cinema em 2015.

Nele Szymanski afirma ter trabalhado em Wright-Patterson por 39 anos, de 1973 a 2011, e que logo em sua primeira semana seu supervisor, identificado como Al, o introduziu ao Escritório de Operações e Gerenciamento do Laboratório de Aviônicos, ao mesmo tempo em que perguntou: "Você ouviu falar de nossos alienígenas?". Conforme Szymanski escreveu no livro: "Ele disse que em 1947 aconteceu um acidente em Roswell, e eles trouxeram as máquinas e os alienígenas para cá para inspeção, e os mantinham em túneis secretos sob a base". O autor ainda acrescenta: "Quando o questionei sobre como ele descobriu a respeito, ele respondeu: 'Todo mundo que trabalha na base sabe'".

Ele continua: "Eu fiquei espantado, era somente um estudante em sua primeira semana, e agora era iniciado em um pequeno e seleto grupo de 10.000 pessoas que conheciam o segredo mais incrível de todos os tempos, que tínhamos alienígenas e sua nave em túneis em nossa base". Raymond Szymanski afirma que começou então um esforço clandestino para investigar o assunto, que teve seu final quando se aposentou do trabalho na base em 2011, mas ele continuou buscando evidências até a publicação do livro em 2016. Raymond Szymanski afirma que ao longo de quatro décadas teve inúmeras conversas, a maioria muito breve, a respeito do grande segredo de Wright-Patterson, e alega que nem uma única pessoa respondeu a ele que não havia alienígenas na base.

crédito: CreateSpace Independent Publishing Platform
Capa do livro 50 Shades of Greys
Capa do livro 50 Shades of Greys

QUATRO DÉCADAS DE SEGREDOS

O autor afirma que nenhuma das pessoas com que conversou negou esse fato, e que investigou vários locais dentro do complexo que poderiam conter pistas a respeito dos UFOs e alienígenas. Szymanski afirma que, procurando por evidências como as que documenta em sua obra em textos e fotos, ficou convencido de que tudo que ouviu é verdade. Ele ainda afirma ter visitado os túneis descritos por seu supervisor, mas não percebeu a presença de alienígenas, a menos que pudesse reconhecê-los. Entretanto, alega possuir evidências de locais onde parte desse material foi enterrada, e que ao menos por três vezes foi observado por homens usando ternos e chapéus pretos. A respeito de uma prova definitiva de suas afirmações Szymanski nega possuí-la, mas afirma que esta existe com certeza, mas que acredita que os seres humanos ainda não estão preparados para lidar com essa realidade. Ele lembra o que aconteceu em Roswell: "A última vez em que a Força Aérea disse que havia conseguido um disco voador as coisas não saíram muito bem, então o que aconteceria se fizessem um anúncio como esse agora?".

Conheça 50 Shades of Greys

Robert Hastings responde a matéria do jornal Washington Post

Vídeo de suposto UFO sobre Base Aérea Wright-Patterson é falso

Força Aérea e Guarda Nacional investigaram pouso de UFO em 1966

Novo livro traz impressionantes revelações sobre a queda de um UFO em Roswell

A verdade sobre os Homens de Preto é revelada em novo livro da Biblioteca UFO

CIA indica como investigar casos de discos voadores

Caso de queda de UFO em Kecksburg pode ter sido solucionado

Saiba mais:

Livro: Quedas de UFOs II

crédito: Revista UFO
Quedas de UFOs II
Quedas de UFOs II

Já sabemos que os polêmicos discos voadores são espaçonaves procedentes de planetas mais desenvolvidos do universo, construídos por civilizações extraterrestres com o emprego de uma tecnologia ainda desconhecida e muito mais avançada do que a nossa. Mas, apesar de tamanho avanço tecnológico, estas máquinas parecem não ser infalíveis e em diversas situações já foram vistas apresentando defeitos durante seu voo e até mesmo acidentando-se em solo terrestre, levando à morte seus ocupantes alienígenas. Este livro é a segunda edição do trabalho do coeditor da Revista UFO Thiago Luiz Ticchetti sobre tais impressionantes ocorrências.

DVD: Aliens e a Casa Branca

Já está no ar a Edição 248 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2017

E se eles revidarem?