DESTAQUE

Jeremy Corbell insinua que exista uma base alienígena no fundo mar

Por
06 de Setembro de 2021
Relatos de UFOs submersos não são raros. Mas e se houver algo mais sobre sua presença sob nossos oceanos?
Créditos: GettyImages

Jeremy Corbell, conhecido por publicar diversos vídeos de UFOs gravados por militares, publicou na quarta-feira passada, 01 de setembro, uma mensagem com vídeo um tanto intrigante no Instagram, falando sobre a possibilidade de que os responsáveis pelos UFOs (alienígenas?) possuem uma base similar à uma embaixada no fundo do mar em nosso planeta.

“Os UFOs podem estar vindo de um lugar distante. Mas frequentemente, nós os vemos vindo de um lugar muito mais próximo. Você sabe que existem embaixadas, digamos, em um país, quando você é de uma nação estrangeira. É possível – e não interprete minhas palavras fora do contexto! Não temos uma embaixada alienígena sob a água! Não é isso que estou dizendo! Estou apenas dizendo, como se teria uma embaixada em um país estrangeiro … é possível que haja uma congregação, uma estação ou um local subaquático – de onde os UFOs possam estar transitando, uma vez que estejam aqui, de onde quer que venham”, disse Corbell.

É uma possibilidade. Segundo ele, não seria totalmente impossível que os UFOs estejam transitando de um local abaixo da água. Quando lembramos do que o comandante David Fravor viu, e os outros pilotos, isso se torna um tanto plausível: “Um círculo do que parecia ser água branca ou água fervente – foi como me foi explicado pela primeira vez. Havia um objeto sob a água. E parecia ter a forma de uma ‘cruz’. E estava logo abaixo da água, onde os Tic Tacs estavam descendo”, continua.

Ele menciona como os UFOs Tic Tac estavam mergulhando: “Eles estavam descendo de mais de 80.000 pés (24Km) até o nível do mar em menos de um segundo sem um estrondo sônico. Quando essas coisas estavam caindo, eles estavam ‘atracando’. E essas não são minhas palavras. Eles estavam atracando de alguma forma, talvez, com o que quer que estivesse acontecendo na água ou debaixo d’água. E, novamente, vou apresentar isso como minha opinião, mas foi assim que foi descrito para mim.”

O que eles estavam fazendo antes de serem notados? Os UFOs são conhecidos por serem propelidos gravitacionalmente. E que eles podem não estar vindo de grandes distâncias. Corbell continua: “E então eu quero ressaltar isso: eles (os militares) não estão dizendo que sabem de onde os UFOs vêm. Eles podem vir de outro planeta. Sem problemas. Mas nós não sabemos.”

“Essa é uma das opções. É definitivamente uma possibilidade. Mas, o mais importante, havia a implicação de que poderia haver uma base ou um local – como uma embaixada onde eles poderiam ir – e talvez abastecer suas naves estelares. Quer dizer, quem sabe … estou especulando de brincadeira. Eu não faço ideia”, conclui. Corbell não é o primeiro a especular que os avistamentos de UFOs entrando e saindo dos oceanos possa ser algo mais do que uma simples rota de viagem.

Sendo que mais de 80% dos oceanos ainda não foram mapeados, é plenamente possível que seja um lugar perfeito para naves extraterrestres se esconderem aqui mesmo, na Terra. Luis Elizondo já tinha mencionado que em breve saberemos de onde os UFOs vêm e onde sempre estiveram: bem “debaixo dos nossos narizes”. Até o dia de tal revelação, ficamos com relatos de pessoas de alta credibilidade, como oficiais militares, sobre cenas incríveis como a descrita pelo comandante David Fravor.

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos