DESTAQUE

Jatos de passageiros e militar relatam terem visto um UFO no Canadá

Por
17 de Agosto de 2021
O argumento de que o encontro não representou perigo justifica ignorarmos a situação?
Créditos: Laredo Paranormal Research Society

Na noite de 30 de julho de 2021, um voo militar canadense e um voo da KLM Royal Dutch Airlines relataram terem visto um UFO esverdeado sobre o Golfo de São Lourenço. A estranha luz desapareceu em uma nuvem, sem deixar vestígios.

De acordo com um relatório de incidente de aviação publicado na noite de 11 de agosto, ambos os voos “(...) relataram ter visto um objeto voador verde brilhante” que “(...) voou para dentro de uma nuvem e depois desapareceu” em um trecho de mar aberto entre Quebec e Newfoundland. O voo de passageiros da KLM (KLM618) estava viajando de Boston para Amsterdã enquanto a aeronave de transporte militar canadense (CFC4003) voava entre CFB Trenton, uma base em Ontário, e Colônia, na Alemanha.

Poucos outros detalhes foram disponibilizados no relatório, que apareceu no CADORS, o arquivo de incidentes de voo do governo canadense. Em uma história anterior, o VICE World News mostrou como esse banco de dados digital contém dezenas de relatos de UFOs de companhias aéreas como a Air Canada, Porter e WestJet. Em uma investigação de junho, o VICE World News revelou como militares canadenses têm relatado UFOs por décadas.

Seja lá o que tenham sido, esses tipos de objetos e luzes enigmáticos chamaram a atenção do governo dos Estados Unidos, que investigou abertamente UFOs por anos e recentemente divulgou um relatório sobre 143 avistamentos militares dos Estados Unidos, incluindo objetos que pareciam manobrar abruptamente, ou mover-se em velocidade considerável, sem meios de propulsão discerníveis.


Um avião de transporte militar canadense relatou ter visto um UFO sobre o Golfo de São Lourenço em 30 de julho.
Fonte: Lars Hagberg/The Canadian Press

O Canadá, em contraste, parece muito menos interessado. Em uma declaração recente ao VICE World News, um porta-voz do Departamento de Defesa Nacional disse: “Não rastreamos relatórios ou coletamos informações sobre avistamentos de UFOs.” O avião militar canadense estava viajando para a Europa como parte de uma missão para trazer pessoal afegão em risco para o Canadá.

Dados postados no Twitter pelo pesquisador de aviação e navegação Steffan Watkins sugerem que o voo canadense até mudou de curso e altitude no momento do avistamento. A companhia aérea KLM não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre o relatório UFO de 30 de julho no CADORS. Em uma declaração ao VICE World News, um porta-voz militar canadense disse que a Força Aérea do Canadá “(...) não tem intenção ou necessidade de investigar isso mais a fundo.”

Ele acrescentou: “Neste incidente em particular, não há nada que indique que o que a tripulação viu representasse algum tipo de risco à segurança da aeronave. Acreditamos que eles viram algo – eles não teriam feito um relatório de outra forma.” Um porta-voz da Nav Canada, a empresa privada que opera o sistema de controle de tráfego aéreo do Canadá e cujos funcionários teriam recebido os relatórios iniciais, disse ao VICE World News que “(...) não há informações adicionais da Nav Canada disponíveis para esses eventos.” Em todas as declarações relacionadas ao seu sistema de relatórios de aviação, a Transport Canada adverte que “(...) os relatórios contêm dados preliminares não confirmados, que podem estar sujeitos a alterações.”

Fonte

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos