DESTAQUE

O Moinho de Vento Chesterton do século XVII ganhou nova decoração: um agroglifo de 60 m de diâmetro no seu pátio

Por
27 de Julho de 2018
Agroglifo de Chesterton, em Warwickshire.
Créditos: Nick Bull

Nesta manhã, surgiu o 28º agroglifo da temporada de 2018 no Reino Unido. No Condado de Chesterton Green, na cercania de Harbury, Warwickshire, bem ao lado do mundialmente famoso Moinho de Vento Chesterton, do século XVII, surgiu mais um enorme desenho enigmático, de aproximadamente 60 m de diâmetro, com seis extremidades e detalhes cuidadosos e muito bem elaborados em cada uma delas. 

A obra de arte em forma de pictograma, tal qual feita por um artista que sugere marcadores astronômicos, é formada por uma estrela estilizada de seis braços. Cada braço é como um design dos antigos halteres - vistos no início dos anos 90. Ainda percebe-se que um braço tem uma "chave" ou um "garfo" estilizado em uma extremidade, e na extreminadade oposta, vê-se uma variação da forma de um tridente, outros recursos que remetem ao design clássico. Para findar o desenho, tem-se essas "caixas" de traços geométricos e lineares protegendo todos os braços da estrela, como quem sugere uma vibração pictografada. Cada um deles com uma série de quatro "caixas", duas de cada lado - mais uma característica do clássico cânone de desenho dos círculos. Neste sentido vibracional energético, há, também, quem já tenha conseguido ver sete vórtices de energia, contando as extreminades e o vórtice central do desenho. 

Apesar das meras aparências, não podemos negar as influências ou características de um design extremamente moderno, como configurações multidirecionais e tecelagem da cultura agrícula; o círculo central da formação contém uma bela estrela de seis braços - ou flor - tecida na plantação. O desenho dos braços também tem caminhos finos e eretos dentro deles, algo que se viu em várias formações no ano passado (2017); Cherhill, Stanton St Bernard e Langdean Bottom.

Embora o Moinho de Vento de Chesterton tenha apenas quatro lâminas - ou velas - e o círculo da plantação, seis braços, um não é um reflexo perfeito do outro. Mas o fato de o círculo ter braços ao redor de outro círculo central, parece ecoar neste moinho de vento. Ter-se um moderno agroglifo ao lado de um local histórico e, de, a própria formação ser uma mistura de design clássico e tradicional, com características modernas e complexas - dá, a essa formação, uma sensação de ser algo que transcende o tempo e o espaço; história e atualidade. O momento é de contemplação por mais uma obra de arte inexplicável aos nossos olhos, mas também de espera pela autorização para visitações ao local e futuras análises, em busca da decodificação dessas mensagens.  

Assista o vídeo feito por drone sobrevoando o agroglifo:

Confira mais um vídeo de Muncombe Hill

Vídeo do sinal de Clifford's Hill

Três agroglifos surgiram nos últimos dias em meio à onda britânica de 2018

Novos agroglifos surgiram em wiltshire dentro da intensa onda inglesa de 2018

Prossegue a investigacao dos agroglifos ingleses pela revista ufo

Segue intensa a temporada 2018 de agroglifos na inglaterra

Saiba mais:

Livro: O Mistério dos Círculos Ingleses

Há mais de 20 anos, plantações da Inglaterra e de outros países têm sido alvos de um estranho fenômeno. Desenhos inexplicáveis e cada vez mais complexos surgem misteriosamente em campos de trigo, cevada, canola, arroz e de outros cereais. Seu autor, Wallacy Albino, é o maior especialista nacional sobre o tema e presidente do Grupo de Estudos Ufológicos da Baixada Santista (GEUBS). O livro, rico em ilustrações, traz informações atualizadas sobre esse que é considerado o maior enigma da atualidade.

DVD: Pacote Misteriosos Agroglifos

Já está no ar a Edição 259 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2018

A desconcertante casuística polonesa

UPDATED CACHE