DESTAQUE

Grande tempestade de areia em Marte ameaça a missão do rover Opportunity

Por
13 de Junho de 2018
O Opportunity enfrenta uma de suas mais difíceis provas em Marte
Créditos: NASA

Em 30 de maio a nave Mars Reconnaissance Orbiter (MRO) observou uma enorme tempestade de areia se formando em Marte. Em 8 de junho esta se espalhava por 18 milhões de quilômetros quadrados e agora se estima que ocupe uma área de 41 milhões de km quadrados, maior que a América do Norte e a Rússia juntas, englobando um quarto da superfície marciana. A tempestade está particularmente violenta na região ocupada pela Cratera Endeavour, que o rover Opportunity tem pesquisado desde 2011, e tornou-se uma ameaça ao robô alimentado por painéis solares. A tempestade provocou uma escuridão que impede que as baterias do rover sejam reabastecidas e, como resultado, as comunicações deste com a Terra cessaram.

O Opportunity chegou a Marte em 2004, junto com o irmão Spirit, em uma missão programada de 90 dias para tentar localizar sinais de presença de água no passado. Os dois robôs foram extraordinariamente bem-sucedidos na tarefa e duraram muito mais tempo do que o planejado. O Spirit infelizmente perdeu contato definitivamente com a Terra em 2011, por haver ficado preso e sido congelado no inverno marciano. A presente situação ameaça o Opportunity, porém o rover já enfrentou uma forte tempestade em 2007, ficando em silêncio por quatro dias. Agora seus níveis de energia passaram de 645 watt-hora em 2 de junho para 22 watt-hora em 10 de junho. A atual falta de comunicações indica que o rover pode ter automaticamente se colocado em modo de baixa energia, desligando todos os sistemas menos seu relógio interno.

Será este relógio que irá despertar o rover e fazê-lo ligar para a Terra quando os níveis de energia subirem, no momento em que os painéis solares voltarem a alimentar as baterias. A NASA afirma que, mesmo que o relógio também pare, o Opportunity poderá se comunicar quando a energia voltar, mas com tentativas que serão imprevisíveis. Porém, a agência mantém o otimismo, pois a ameaça de congelamento pode ser afastada, já que a própria tempestade de areia impede as temperaturas de caírem muito. Além disso, é verão marciano na região onde o rover está e estima-se que ele não enfrentará temperaturas menores de -33º C, e foi projetado para suportar até -55º C. Estima-se que a tempestade atinja todo o planeta em dois ou três dias, e até o Curiosity, que está do outro lado de Marte, já observou a mudança de condições. Porém, este robô é alimentado por energia nuclear, logo não é ameaçado pela tormenta. Os cientistas da equipe do rover e os fãs da exploração espacial aguardam e torcem para que o Opportunity sobreviva a mais essa aventura.

crédito: NASA
O Curiosity, do outro lado do planeta, fotografou no espaço de duas semanas a piora nas condições devido à tempestade
O Curiosity, do outro lado do planeta, fotografou no espaço de uma semana a piora nas condições devido a tempestade

Site oficial da missão

Rover Opportunity quebra recorde de distância em outro mundo

Rover da NASA pode ter encontrado assinaturas da vida em Marte

NASA comemora dez anos dos primeiros rovers em Marte

Mistério da rocha marciana desvendado

Opportunity encontra novas evidências de que Marte pode ter abrigado vida

Saiba mais:

Livro: Guia da Tipologia Extraterrestre

crédito: Revista UFO
Guia da Tipologia Extraterrestre
Guia da Tipologia Extraterrestre

Há séculos a espécie humana assiste à chegada de estranhos seres geralmente bípedes e semelhantes a nós, que descem de curiosos veículos voadores sem rodas, asas ou qualquer indício de forma de navegação. Quase sempre estas criaturas têm formato humanoide e não raro se parecem com uma pessoa comum, mas com um problema: elas não são daqui, não são da Terra. O que pouca gente sabe é que existem dezenas de tipos deles vindo até nós, alguns com o curioso aspecto de robôs, outros se assemelhando a animais e há até os que se parecem muito com entidades do nosso folclore. O Guia da Tipologia Extraterrestre faz uma ampla catalogação de todos os tipos de entidades já relatadas, classificando-as conforme sua aparência e características físicas diante de suas testemunhas, resultando num esforço inédito para se entender quem são nossos visitantes.

DVD: Planetas Alienígenas

Já está no ar a Edição 77 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2014

O primeiro de muitos passos