DESTAQUE

Foto de UFO tirada por piloto de caça é motivo de polêmica nos Estados Unidos

Por
09 de Dezembro de 2020
Estranho objeto fotografado por piloto de caça nos Estados Unidos
Créditos: The Debrief

Circula pelas redes sociais da Comunidade Ufológica Mundial uma imagem que está causando perplexidade. Ela seria de um objeto voador não identificado observado a partir de um caça norte-americano na costa leste dos Estados Unidos.

O site Debrief soube recentemente, através de um oficial de Defesa com acesso aos arquivos da Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não-Identificados do Pentágono (UAPTF), do vazamento de uma fotografia considerada “não-classificada e para uso oficial apenas”, distribuída em meio a Comunidade de Inteligência, mostrando algo que o Departamento de Defesa (DoD) classifica como “fenômeno aéreo não-identificado”.

A foto, embora difícil de distinguir, mostra um objeto em forma de sino invertido, com cristas ou saliências ao longo da borda lateral. O artefato foi fotografado pelo operador de armas do banco traseiro de um caça F/A-18 Hornet, que usou seu telefone celular pessoal. Funcionários com quem o Debrief falou disseram que a imagem foi capturada em 2018 na costa leste dos Estados Unidos.

O objeto se assemelha a uma dropsonda com GPS, uma sonda atmosférica projetada para ser lançada de uma aeronave. Porém, Terry Hock, gerente do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica, afirma que a foto do piloto certamente não se parece com uma dropsonda, além não ter o receptor GPS, que segue abaixo do paraquedas. “Dropsondas são lançadas em furacões sobre a água, não sobre bases militares”, acrescentou Hock.


Ampliação do objeto fotografado pelo piloto do caça com seu celular.

Na opinião de Hock, o objeto poderia ser um balão de mylar ou um balão drifter. Porém, os pilotos descreveram que o objeto estava totalmente imóvel.
Embora a foto não tenha uma qualidade muito boa, todos os três funcionários com quem o Debrief falou disseram que a foto não teria sido emitida se houvesse estimativas razoáveis ??de que o objeto fosse um balão, dada a natureza do relatório de inteligência em que apareceu.

Verificou-se que as fontes estavam de fato em cargos dentro da comunidade de inteligência dos Estados Unidos e sob a autoridade do diretor de Inteligência Nacional do país. A porta-voz do Pentágono, Susan Gough, respondeu ao Debrief que o DoD não discute publicamente detalhes de operações ou documentos, incluindo os considerados como “fenômenos aéreos não-identificados”.

Uma dropsonda com GPS, uma sonda atmosférica projetada para ser lançada de uma aeronave.

Já está no ar a Edição 273 da Revista UFO. Aproveite!

Outubro de 2019

Portais Dimensionais