DESTAQUE

Físico comenta a importância da Marinha dos EUA confirmar vídeos de UFOs

Por
28 de Setembro de 2019
Greg Ojakangas, Professor Associado de Física da Universidade Drury
Créditos: Divulgação

Há alguns dias, a Marinha dos Estados Unidos confirmou alguns vídeos militares desclassificados, que foram publicizados pela To The Stars Academy of Arts and Sciences e o The New York Times, mostrando que os UFOs são autênticos . Os clipes foram vídeos foram feitos a bordo de um aviões de combate da Marinha dos EUA em 2004 e 2015.

Greg Ojakangas, Professor Associado de Física da Universidade Drury, tem três pontos-chave sobre esses UFOs:

Navalha de Occam

O princípio (atribuído a William de Occam) de que, ao explicar uma coisa, nenhuma suposição deve ser feita além do necessário. É um princípio científico e filosófico que propõe que, entre hipóteses formuladas sobre as mesmas evidências, é mais racional acreditar na mais simples. Ou seja: diante de várias explicações para um problema, a mais simples tende a ser a mais correta.

O filósofo inglês William de Occam (1285-1347) não foi o primeiro a pregar isso: Aristóteles já fazia o mesmo no século 4 a.C. Mas foi o nome de Occam que “colou”, por causa do frequente uso que ele fazia do argumento em debates filosóficos. Já o termo “navalha” ou “lâmina” é uma metáfora que surgiu muito depois dele: sugere que, com o uso da parcimônia, a hipótese mais complicada é “cortada”.

Para Greg Ojakangas, “a explicação mais provável é a mais simples. Ou seja, a explicação mais simples é não, não são seres de lugares insanamente distantes. Provavelmente há uma explicação mais simples".

Numerosas fontes credíveis

Muitos pilotos, os caças da Marinha e até pilotos de companhias aéreas de passageiros, viram fenômenos estranhos no céu, segundo Ojakangas. "Eles têm esses encontros visuais e dizem que são naves e que se movem muito mais rápido do que qualquer tecnologia que esteja próxima do que as pessoas têm agora", alega Ojakangas.

Extraterrestres são 'plausíveis'

Ojakangas diz que agora sabemos que basicamente todas as estrelas têm um planeta parecido com a Terra que o orbita, como orbitam o Sol. O físico até diz que a próxima estrela mais próxima de nós, Proxima Centauri, tem um planeta semelhante à Terra em sua órbita. “A maioria dos cientistas diria que as chances são enormes de que haja vida em outros mundos, porque existem inúmeros, inúmeros mundos. Por que nosso mundo seria o único que tem alguma coisa nele?", diz o físico.

Ojakangas, como cientista e homem de fé, acredita que seria um desperdício de espaço se fôssemos o único planeta com vida nele. Ele diz que, se esses UFOs são o verdadeiro negócio, os alienígenas teriam que viajar com velocidades e energia além do que poderíamos conceber.

Fonte: ozarksfirst.com

Veja o que diz Greg Ojakangas no vídeo abaixo:

Colaboração Canal João Marcelo e Tunguska Legendas

O tema do iminente desacobertamento ufológico que toma conta dos Estados Unidos e chega em nosso país, será alvo do UFO Summit Brazil 2019, em novembro, por diversas capitais brasileiras, com os maiores ativistas ufológicos dos Estados Unidos e Reino Unido. Não perca! Entenda o que está acontecendo na Ufologia Mundial nesse momento: 

Reconhecimento de UFOS

O perigo da tecnologia é a causa de manter contato secreto com aliens

Alerta para iminente revelação UFO

Participe do UFO SUMMIT BRAZIL 2019 e esteja preparado para novas revelações:

Informações e inscrições
www.ufosummit.com.br

Já está no ar a Edição 272 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2019

ETs em nossos dormitórios

UPDATED CACHE