DESTAQUE

Faleceu Ronaldo Mourão

Por
28 de Julho de 2014
Ronaldo Rogério de Freitas Mourão, astrônomo, físico e divulgador científico
Créditos: Arquivo

Ronaldo Rogério de Freitas Mourão faleceu na noite do último dia 25 de julho, no Hospital Quinta D\'or. Ele estava internado desde o dia 19 com pneumonia dupla e havia há cerca de duas semanas sofrido um acidente vascular cerebral hemorrágico. O funeral foi realizado no Cemitério São Francisco Xavier, no bairro do Caju. Ele foi fundador do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), pesquisador e sócio titular do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IGHB), além de um dos maiores expoentes da Astronomia brasileira.

Ronaldo Mourão é mais conhecido pelos ufólogos devido a seus questionamentos, criticando a falta de evidências concretas da pesquisa ufológica. Ficaram famosas suas pesadas críticas contra ocorrências consideradas clássicas da Ufologia Brasileira, como o Caso do Voo 169, de 08 de fevereiro de 1982, e a Noite Oficial dos UFOs no Brasil, de 19 e 20 de maio de 1986. Entretanto, o astrônomo defendeu, em histórica entrevista publicada nas edições 130 e 131 da Revista UFO, que astrônomos e ufólogos trabalhassem juntos, dialogando e buscando a elucidação dos casos pela cooperação.

O trabalho de divulgação científica de Ronaldo Mourão não tem paralelo no Brasil. Publicou seus primeiros artigos em 1952, na revista ciência Popular, ao que se seguiram mais de mil outros textos em revistas e jornais. Autor de mais de uma centena de livros, obteve em 1960 os títulos de Bacharel e Licenciado em Física pela Faculdade de Filosofia, Ciência e Letras na Universidade do Estado da Guanabara (atual UERJ). Ali também estudou física, tornando-se antes de se formar astrônomo auxiliar do Observatório Nacional.

DEFESA DA EXISTÊNCIA DE VIDA EXTRATERRESTRE

Mourão obteve com distinção, em 1977, o título de doutor pela Universidade de Paris em 1977, tornando-se integrante dos mais importantes grupos de Astronomia do mundo. A fim de contribuir para o desenvolvimento da ciência no Brasil retornou ao país e assumiu o cargo de astrônomo do Observatório Nacional. Contribuía para diversos jornais e um de seus projetos foi a série O Céu do Mês, apresentado no Projeto Minerva, programa de rádio veiculado em várias emissoras. Em seu livro Universo - As Inteligências Extraterrestres (Francisco Alves, 1982), no artigo Como seriam os extraterrestres?, apresentou uma detalhada análise dos mecanismos de evolução propondo a teoria de que seres alienígenas inteligentes não seriam tão distintos dos humanos na aparência. Encerra o texto com as palavras: "Contra aqueles que não gostam de especulação, lembraríamos a frase de Einstein, para quem a imaginação é mais poderosa que o conhecimento, e que "sem imaginação o pensamento estagna"".

Assista a Galáctica, Introdução à Astronomia, com Ronaldo Mourão:



Site oficial de Ronaldo Mourão

Planeta habitável é encontrado próximo a nosso Sistema Solar

Vida pode ter existido logo após o surgimento do Universo

Exoplanetas com vida podem ser 60 bilhões

Saiba mais:

Livro: UFOs: Arquivo Confidencial

crédito: Revista UFO
UFOs: Arquivo Confidencial
UFOs: Arquivo Confidencial

Saiba o que há por trás da política de acobertamento do Fenômeno UFO mantida por nossas autoridades. UFOs: Arquivo Confidencial - Um Mergulho na Ufologia Militar Brasileira expõe casos ufológicos de gravidade ocorridos no Brasil, que permanecem até hoje sob sigilo. O livro apresenta detalhes até então desconhecidos de como nossos militares conduziram investigações secretas de incidentes com naves alienígenas no país.

DVD: Buscando Vida Fora da Terra

Já está no ar a Edição 77 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2014

O primeiro de muitos passos