DESTAQUE

Faleceu o fundador do Museu UFO de Roswell

Por
04 de Maio de 2015
Fachada do Museu UFO de Roswell, idealizado por Glenn Dennis, testemunha do caso de 1947
Créditos: Arquivo

Glenn Dennis, ao longo das últimas décadas, foi uma das mais importantes e requisitadas testemunhas do Caso Roswell, tendo concedido inúmeras entrevistas e feito diversas aparições em documentários e programas de TV. Lamentavelmente ele faleceu na última terça-feira, 28 de abril. A absoluta maioria dos pesquisadores só tomou conhecimento do fato após o acontecido, e não houve comunicados vindos da família.

Glenn Dennis, que em 1947 era agente funerário na cidade de Roswell, afirmava haver sido procurado por pessoas que não se identificaram, e que lhe perguntaram se tinha à disposição caixões de tamanho infantil. A pessoa desligou o telefone, mas tornou a ligar a Dennis, desta vez pedindo informações sobre o modo de conservar cadáveres. Dennis foi até a Base Aérea de Roswell, e ali viu estranhos destroços e encontrou uma enfermeira sua conhecida. A moça, muito abalada, descreveu para ele ter auxiliado no exame de estranhas criaturas que haviam sido trazidos para a base.

Em 1990, ao lado do tenente Walter Haut, Glenn Dennis fundou o Roswell UFO Museum, dedicado ao caso que fez a fama da cidade. Embora muitos duvidassem do empreendimento, o museu tem sido um grande sucesso desde então, tendo incentivado a indústria de turismo local, e recebendo em média 180.000 visitantes por ano. O ex-prefeito de Roswell, Bill Owen, estava no conselho municipal quando o museu foi fundado, e elogiou a visão e a dedicação de Dennis para a cidade. Ele disse: "Roswell é a beneficiária desse trabalho, desse desejo de ver algo ser feito a respeito desse incidente. Dennis era uma ótima pessoa e sentiremos sua falta. Ele contribuiu muito para a cidade com suas boas ideias".

REVELAÇÃO DE SLIDES COM ALEGADAS IMAGENS DO ALIEN DE ROSWELL ACONTECE DIA 5

crédito: Arquivo
Glenn Dennis
Glenn Dennis

Ao mesmo tempo, é grande o burburinho na Ufologia Mundial quanto à revelação, marcada para terça-feira, 05 de maio, dos slides que alegadamente mostram um alienígena dentro de um recipiente de vidro. A controvérsia tem sido grande, especialmente devido à falta de qualquer evidência de que as imagens não sejam uma fraude, além de não haver como comprovar que se trata mesmo de um alienígena do Caso Roswell. As alegadas imagens de alienígenas fazem parte de uma coleção de slides em codachrome, encontradas na casa de um casal já falecido, e com supostas conexões com figuras importantes do governo norte-americano.

Contudo, nos outros slides que mostram cenas do cotidiano os pesquisadores encontraram graves inconsistências com a alegação de que todas as imagens foram obtidas nos anos 40. Entre outros, aparece um modelo de carro fabricado somente após 1958. Outros slides foram comparados com peças equivalentes genuninamente dos anos 40, com gritantes diferenças. E o blog Bad Ufos publicou um texto com uma hipótese digna de ser investigada, a de que os slides são de fato uma fraude, conforme suspeitam improtantes figuras da Ufologia Mundial, feita para comemorar o vigésimo aniversário de outra farsa, a autópsia anunciada por Ray Santilli em maio de 1995, e exibida pela Fox em 28 de agosto de 1995. Fala-se também em experimento social, e resta somente aguardar até a revelação dos famigerados slides, nesta terça-feira.

Visite o site do Roswell UFO Museum

Assista a uma entrevista com Glenn Dennis

Leia um documento com uma análise de todos os slides do caso

Confira a hipótese apresentada pelo blog Bad UFOs

Os slides de Roswell seriam um experimento social?

O caso dos slides dos alienígenas de Roswell

Universidades do Brasil e exterior sediam pesquisas sobre alienígenas

Saiba mais:

Livro: Varginha: Toda a Verdade Revelada

DVD: Roswell: Arquivo Secreto

crédito: Revista UFO
Roswell: Arquivo Secreto
Roswell: Arquivo Secreto

Um dos casos mais importantes da Ufologia Mundial é, sem dúvida, o episódio de queda de um disco voador na localidade de Roswell, em pleno Deserto do Novo México, nos Estados Unidos, em julho de 1947. O acontecimento vem sendo intensamente investigado pelos mais destacados ufólogos norte-americanos desde meados dos anos 70, com espantosos resultados. Militares dos Estados Unidos, conjuntamente com algumas das principais companhias de ponta do país, extraíram do aparelho uma imensa quantidade de inovações tecnológicas, do velcro ao raio laser, do micro-ondas à fibra ótica.

Já está no ar a Edição 52 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2007

O que o governo dos EUA faz com as naves resgatadas