DESTAQUE

Faleceu o egiptologista Anthony West, autor da teoria da erosão por chuva na Esfinge

Por
08 de Fevereiro de 2018
John Anthony West diante da Esfinge de Gizé
Créditos: Arquivo

Faleceu aos 85 anos, debilitado pela luta contra um câncer, o autor e egiptólogo John Anthony West. Ele ganhou notoriedade ao aparecer no documentário da NBC The Mystery of the Sphinx (O Mistério da Esfinge, 1993), que deu destaque a seu trabalho com o geólogo Robert M. Schoch, professor associado de ciências naturais da Universidade de Boston. O trabalho de ambos, aceito por associações internacionais de geólogos, aponta que marcas verticais de erosão na Esfinge de Gizé só poderiam ter sido causadas por fortes chuvas ao longo de um grande período de tempo.

West afirmava que isso situava a construção do monumento entre 10.000 e 5.000 A. C., quando Gizé era uma planície verdejante, contrariando frontalmente as estimativas da egiptologia oficial, de que a Esfinge foi construída ao redor de 2.500 A. C. The Mystery of the Sphinx foi indicado para o prêmio Emmy como Melhor Documentário. Anthony West também trabalhou por muitos anos ao lado do amigo Graham Hancock, e seu trabalho foi fundamental para a série Quest for the Lost Civilization (Em Busca da Civilização Perdida). West iniciou sua carreira como autor de contos de ficção científica, tendo recebido em 1962 um Prêmio Hugo como menção honrosa. Ao menos um de seus trabalhos de ficção, Glady´s Gregory (Gregory da Gladys) foi publicado no Brasil na antologia Coma e Emagreça com a Ficção Científica (Marco Zero, 1984)

Anthony West escreveu vários outros trabalhos de pesquisa, nos quais expunha seus estudos apontando a existência de um saber científico sagrado no Antigo Egito, mais uma vez confrontando a egiptologia oficial que afirma ser essa simbologia somente superstição. Sobre ele Graham Hancock escreveu: "Com coragem, fortaleza e um grande senso de humor meu querido amigo John Anthony West batalhou contra o câncer por mais de um ano, desafiando as chances com o apoio da família, amigos e a comunidade que ajudou a financiar seu tratamento. Ele venceu o câncer, mas a luta foi extenuante para ele, que agora com grande dignidade e estilo se encaminhou para sua próxima grande aventura. Eu o considero uma grande luz no mundo que não se apagou, e seu exemplo de pensamento rebelde, fazendo as perguntas difíceis, e nunca, em nenhuma circunstância, se rebaixando perante a cultura dominante, inspirou o pensamento independente de toda uma geração. Eu sou grato ainda por ter tido o privilégio de estar com Anthony West para uma conversa em sua última aparição pública em Nova York, em dezembro de 2016". Este vídeo pode ser conferido nos links abaixo.

Visite o site oficial de Anthony West

Assista a Quest for the Lost Civilization na íntegra

Confira a conversa entre Anthony West e Grahan Hancock

The Mystery of the Sphinx

History Channel confirma nova versão da série In Search Of

Encontrado espaço vazio desconhecido dentro da Grande Pirâmide de Gizé

Google celebra 115 anos da descoberta do Mecanismo de Antikythera

Tablete de pedra de 13.000 anos descreve impacto de cometa

Saiba mais:

Livro: Cataclismo

crédito: Revista UFO
Cataclismo: A Tragédia que Apagou a História Humana
Cataclismo: A Tragédia que Apagou a História Humana

Por todos os cantos do planeta encontramos evidências de que a trajetória da espécie humana teve uma paralisação em algum momento da Antiguidade. São abundantes os artefatos e monumentos construídos há milhares de anos que parecem ter sido atingidos por este momento crucial de nossa história. O autor de Cataclismo: A Tragédia que Apagou a História Humana, o consagrado pesquisador e escritor canadense Brien Foerster, astro da série Alienígenas do Passado, do History Channel, sustenta que este episódio raro teria se dado por volta de 12 mil anos atrás.

DVD: Pacote Completo - Extraterrestres no Passado III

Já está no ar a Edição 60 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2011

Afinal, o que querem visitantes tão constantes e interessados?

UPDATED CACHE