DESTAQUE

Falece o pesquisador Michael Glickman, uma lenda no estudo de agroglifos

Por
01 de Maio de 2020
Michael Glickman e o editor da UFO Ademar José Gevaerd
Créditos: Ademar José Gevaerd

Arquiteto, inventor e professor, Michael Glickman levou para o universo dos agroglifos a riqueza de sua experiência prática em projetar e manipular matéria sólida. Ele alcançou um nível único do entendimento sobre o fenômeno, que via como portais de sabedoria.

Os fascinantes e enigmáticos desenhos em campos de cereais acabaram de perder um de seus mais brilhantes estudiosos e intérprete. Michael Glickman, que por três décadas se dedicou a decifrar o fenômeno de todas a maneiras que conhecia.

Glickman explicava que desfazer os desenhos até chegar a seus elementos de base ajudava a melhor compreender seu simbolismo e suas propriedades geométricas. Ninguém adotou esta linha de pesquisa como ele.

Como resultado, seu trabalho sobre a geometria dos círculos é respeitado por pesquisadores do mundo inteiro, o que lhe valeu o título de “geômetra dos agroglifos”. Glickman, entretanto, refutava o título e afirmava categórico: “Sou apenas um percebedor”.

 

Autor de sucesso e pesquisador incansável

 
O mais recente livro de Glickman, lançado em 2009
Crédito: Frog Books

Essa definição de si mesmo casa muito bem com a forma como ele olhava para o fenômeno nos últimos anos. Seu falecimento deixa um grande vazio no estudo dos agroglifos. Nas palavras do editor da UFO, Ademar Joé Gevaerd, “Michael Glickman foi o mais genial pesquisador e pensador dos agroglifos. Um querido amigo, um homem genial, que os céus o recebam com muita alegria”.

Glickman, que era dono de uma inteligência aguda, e reconhecido por suas inspiradoras conferências e artigos, ocupou por muito tempo um espaço central na pesquisa sobre o fenômeno.

Além de ter escrito muitos artigos sobre os agroglifos, incluindo algumas importantes contribuições para a excelente revista The Cereologist, ele também foi um autor de sucesso. Seu mais recente livro foi Crop Circles: The Bones of God [Agroglifos: Os Ossos de Deus. Frog Books, 2009]. Seus artigos em publicações e sites são incontáveis.

Dono de um conhecimento acima da média sobre design, geometria, matemática e planejamento de estruturas, Michael Glickman ofereceu à pesquisa dos agroglifos um olhar extremamente técnico, útil e rico ao longo de 27 anos.

 

Contemplação meditativa

 
Glickman segura exemplar da Revista UFO com sua entrevista.
Crédito: Ademar José Geaverd

Atualmente, entretanto, ele julgava “insuficiente” a análise que sempre fez do fenômeno — sua visão em relação às formações se transformara por completo. “Para mim, o que antes era algo técnico e exato, hoje assemelha-se mais a uma contemplação meditativa”, disse em uma entrevista para a Revista UFO

Infelizmente, devido à sua frágil saúde, o pesquisador já não visitava mais as figuras e nem podia se deslocar como antes. Glickman sofria de esclerose múltipla, uma doença degenerativa e incapacitante.

E foi justamente o agravamento da doença que o levou. Segundo informações de Garry King, correspondente da UFO e amigo pessoal de Glickman há muitos anos, “sua esclerose múltipla havia piorado e ele vinha se deteriorando nos últimos meses. Nos últimos dias, eles colocaram o medicamento em fim de vida, então sabíamos que estava próximo. Ele era meu melhor amigo, sentirei falta de conversar com ele todos os dias”.

Michael Glickman morreu em paz esta manhã, 01 de maio, em sua casa em Wiltshire, na Inglaterra. Nós, da Revista UFO nos solidarizamos com a família e amigos neste momento de perda.

 Por favor, clique aqui para ler a entrevista completa com este incrível pesquisador cuja ausência será sempre sentida. 

Já está no ar a Edição 273 da Revista UFO. Aproveite!

Outubro de 2019

Portais Dimensionais