DESTAQUE

Exopolíticos exigem a abertura dos documentos ufológicos na Alemanha

Por
26 de Outubro de 2018
Robert Fleischer mostra seu requerimento ao parlamento alemão sobre a publicação de arquivos UFO
Créditos: Dirk Knofe

Enquanto o governo alemão nega qualquer interesse em UFOs e nas alegações militares - eles nunca relataram nada incomum em suas telas de radar - o jornalista e pesquisador alemão Robert Fleischer, correspondente da Revista UFO no país, tem tentado descobrir o que eles realmente sabem.

O fenômeno UFO não existe na Alemanha - oficialmente, pelo menos. Enquanto o governo alemão nega qualquer interesse em discos voadores, seus militares afirmam seriamente que nunca tiveram nada incomum em suas telas de radar, que eles não conseguiram identificar. Assim, você quase nunca ouve nada da Alemanha sobre UFOs. Fleischer  fundou a Exopolitics Germany e  lançou a ExoMagazin.tv para tentar mudar esse cenário. 

Por mais de 10 anos, ele tem trabalhado para descobrir o que o governo alemão realmente sabe sobre UFOs, cavando arquivos do governo e fazendo perguntas a políticos e militares.  Na última  Conferência Federal do Leitor da Rede Editorial Alemanha em 2017, Fleischer indagou ao candidato a chanceler alemão Martin Schulz sobre o desacobertamento dos documentos UFOs. 

O presidente do partido alemao SPD e candidato a chanceler pronunciou-se a favor de liberar arquivos ufológicos alemães anteriormente secretos. Martin Schulz, prometeu trabalhar como chanceler para a abertura dos documentos. Na Conferência Federal do Leitor da rede editorial da Alemanha em 2017, ele disse:

"Se esses arquivos não forem publicizados porque estão sujeitos a uma classificação específica como secreta, não posso prometer a você agora, sem uma estrutura legal apropriada para publicizá-los, porque um Chanceler da República Federal está sujeito a requisitos legais. Mas posso assegurar-lhe: eu verificarei quais são os requisitos, por que são classificados como secretos e, se não houver necessidade de maior sigilo nessa área, sugiro que o Bundestag alemão os torne públicos. "

A resposta de Martin Schulz pode parecer bastante estranha a muitos outros políticos alemães. Até agora, na Alemanha, é inapropriado considerar UFOs como um tópico. O fato de Schulz ter respondido à questão com seriedade e profissionalismo é indubitavelmente atribuível à sua experiência como político europeu. Porque na maioria dos outros países, o Fenômeno UFO é discutido muito mais seriamente do que na Alemanha. Isso não pode ter escapado do ex-presidente do Parlamento Europeu.

Até hoje, pelo menos 21 países publicizaram seus documentos ufológicos secretos , incluindo França , Reino Unido , Itália e Espanha, Brasil, Argentina, Chile, Uruguai . Em cinco países, incluindo a França, os UFOs estão sendo pesquisados por investigadores estaduais. Uma abertura de arquivos UFO alemães até então secretos seria um passo muito atrasado em termos de liberdade de informação. Por enquanto, o governo alemão e o ministério da defesa negam qualquer interesse pelo fenômeno UFO. 

Apesar da publicização de um arquivo UFO do serviço de pesquisa do Bundestag, o governo federal continua insistindo não saber nada sobre UFOs. Veja no vídeo a seguir a resposta do porta voz do governo alemão Steffen Seibert sobre a indagação do pesquisador Robert Fleischer durante uma conferência de imprensa em Berlim. A pergunta ao porta-voz do governo veio como uma piada embaraçosa a confirmar a posição do governo:

Em sua apresentação realizada na UFO Truth Magazine Conference 2018 em Holmfirth, Reino Unido, Fleischer discutiu o que o Bundestag alemão sabe sobre discos voadores e como a agência de inteligência alemã (BND) investigou os relatos de UFOs durante a Guerra Fria.

Veja o vídeo:

Fonte: www.exopolitik.org, Canal Joao Marcelo, Tunguska Legendas

Robert Fleischer é jornalista, apresentador e cineasta. Trabalhou em várias redes públicas de TV de transmissão alemã e escreve artigos para revistas na Alemanha e no exterior. Em 2007, ele fundou a Exopolitics Germany (www.exopolitik.org) e em 2013 lançou a ExoMagazin.tv, uma revista de TV on-line baseada em assinatura para pessoas de mente aberta. Ele não só relata sobre UFOs, mas também sobre uma ampla gama de assuntos, incluindo política, ciências futuras e pesquisa da consciência. Seu trabalho foi apresentado em grandes programas de TV e rádio, assim como em artigos de jornais. Ele possui um diploma universitário em interpretação de conferência para francês e espanhol e deu palestras em muitos países europeus, incluindo Áustria, Suíça, Itália, Espanha, Portugal, República Tcheca e Reino Unido. Fleischer é correspondente internacional da Revista UFO na Alemanha.

 

Já está no ar a Edição 261 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2018

Nikola Tesla e a Vida Extraterrestre