DESTAQUE

Ex-engenheiro aeroespacial alega ter trabalhado na Área 51

Por
03 de Novembro de 2014
Boyd Bushman no vídeo, exibindo suas alegadas evidências
Créditos: Arquivo

Surgiu em 28 de outubro passado um vídeo que, alegadamente, seria a última entrevista do engenheiro Boyd Bushman. O filme teria sido gravado antes de seu falecimento, em agosto de 2014. Afirmou-se que ele teve uma carreira de 40 anos no setor aeroespacial, trabalhando para empresas como a Lockheed-Martin, Hughes Aircraft e outras. Bushman teria ainda mais de 25 patentes registradas em seu nome. No vídeo, o engenheiro aparece exibindo fotos que alega ser de alienígenas.

Boyd Bushman diz ter trabalhado com extraterrestres na Área 51, em projetos de engenharia reversa de suas incríveis naves, obtidas pelo governo norte-americano após acidentes. Entre outras alegações, Bushman afirma que os visitantes vieram de um planeta chamado Quintumnia, há 68 anos-luz, e sua avançada tecnologia permite que essa viagem seja feita em 45 minutos. O engenheiro alega no vídeo que a nave em forma de disco em que trabalhou tem cerca de 12 metros de diâmetro e que conheceu 18 alienígenas na instalação. Alguns destes têm 250 anos de idade e agora trabalham para o governo dos Estados Unidos.

O engenheiro ainda afirma que os alienígenas se comunicam por telepatia e que na Área 51 existem projetos em parceria com a Rússia e a China, a fim de desenvolver a tecnologia da antigravidade. Bushman afirma que muitas das fotos que apresenta no vídeo foram batidas pelos próprios alienígenas, que teriam pedido para usar sua câmera. Essa é uma das poucas informações originais no relato de Boyd Bushman, pois a Ufologia já conhece diversos indivíduos que alegam ter trabalhado na Área 51, ou projetos de engenharia reversa de naves extraterrestres, e ainda conhecido os próprios alienígenas.

BONECO VENDIDO EM 1997

Entretanto, e lamentavelmente, informações surgidas recentemente parecem apontar fortemente para o caso todo ser uma fraude. Descobriu-se que o pretenso alienígena exibido nas fotos é na verdade um boneco, produzido pela empresa HalloweenFX, e vendido na rede de supermercados K-Mart. Outras fontes, como o noticiário online TVQC e o jornal San Antonio Express News, confirmaram a origem do boneco, e descobriu-se que não existem obituários para Boyd Bushman na data de seu alegado falecimento. Também não existe esse nome na lista da Segurança Social norte-americana.

crédito: Arquivo
O boneco apresentado como um alienígena
O boneco apresentado como um alienígena

Ainda se pode mencionar o documentário de 1999 Segredo de um Bilhão de Dólares, do Discovery Channel, no qual um indivíduo aparece fazendo praticamente as mesmas alegações. As evidências apontam para toda a história ser uma fraude, ou pelo menos não se pode confirmar se ao menos o depoimento de Boyd Bushman é autêntico ou não. O canal onde o vídeo foi publicado no YouTube também foi recentemente criado, o que não lhe traz credibilidade. O caso é mais um que serve como alerta para que não se pode aceitar o que é publicado na Internet, antes que se faça uma detalhada pesquisa para averiguar sua veracidade.

Assista abaixo ao vídeo de Boyd Bushman:



Site de análise de rumores Snopes.com, que define Bushman como uma fraude

Site da HalloweenFX

Bill Clinton fala sobre alienígenas e Área 51 em entrevista

Exposição sobre Área 51 em museu de Las Vegas

Documento da CIA reconhece a existência da Área 51

CIA desenvolveu VANTs na Área 51

Saiba mais:

Livro: Terra Vigiada

DVD: Revelando os Segredos da Área 51

crédito: Revista UFO
Revelando os Segredos da Área 51
Revelando os Segredos da Área 51

A instalação militar mais secreta e protegida do mundo é, reconhecidamente, a Área 51, que fica no Deserto do Nevada, Estados Unidos. É nela que o governo norte-americano esconde naves extraterrestres acidentadas que consegue resgatar, assim como seus tripulantes, vivos ou mortos. Cientistas das mais diversas especialidades trabalham nos projetos secretos da base, até mesmo naqueles que tentam aproveitar de alguma forma a tecnologia alienígena.

Já está no ar a Edição 161 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2010

Eles estão de volta, e ainda mais desafiadores