DESTAQUE

Evento em rede social motiva 285.000 pessoas a invadirem a Área 51

Por
10 de Julho de 2019
Área 51
Créditos: Getty imagens

O escritor Brett Tingley está preocupado com as pessoas que planejam invadir a Área 51 em setembro, para descobrirem os segredos lá ocultados. Um usuário do Facebook com o nome de SmyleeKun e o grupo “Shitposting cause im in shambles” criou o evento, intitulado Storm Area 51, They Can’t Stop All of Us (Invadir a Área 51. Eles Não Podem Parar Todos Nós).

O evento está marcado para 20 de setembro de 2019,  às 3h da manhã. Os participantes se encontrarão no Alien Center da Área 51 em Amargosa Valley, Nevada, antes de prosseguir para a Área 51 em si. E, tentando prosseguir de qualquer maneira. “Nos encontraremos todos na atração turística do Alien Center da Área 51 e coordenaremos nossa entrada. Se fizermos uma corrida de Naruto, podemos nos mover mais rápido que suas balas. Vamos ver os alienígenas!”, diz o anúncio do grupo.

www.facebook.com

  

Em outro comentário um integrante avisa: “Vamos de fato ver os alienígenas. Espero que você seja como eu e já esteja praticando sua corrida, porque estamos fazendo isso: reuniremos dezenas de milhares de pessoas e passaremos direto pelos guardas da Área de Segurança Nacional de Nevada (NNSS) e invadiremos a Área 51 antes que eles possam nos pegar ou atirar em todos nós. Quem está com a gente?”

Até agora, 285.000 pessoas se comprometeram a invadir a Área 51 e mais de 300 mil estão interessadas no evento. A última vez em que alguém tentou ultrapassar os guardas armados no local, não foi tudo tão bem. Em janeiro, um homem foi baleado pela força policial do xerife do Condado de Nye e pelos oficiais da força de segurança da NNSS, depois que ele os conduziu em uma perseguição, enquanto tentava entrar no Local de Segurança Nacional de Nevada carregando um objeto cilíndrico ainda não identificado.

O que pode  acontecer se milhares de pessoas aparecerem de uma só vez? Apesar de 285.000 pessoas se comprometerem a invadir a Área 51 no evento, isso significa que eles simplesmente clicaram em “Comparecer” em suas redes sociais, o que não quer dizer que irão comparecer na realidade. Ainda assim, o que aconteceria se, digamos que apenas 10% dos confirmados aparecessem? O Gabinete do Xerife do Condado de Nye e a Força Protetora de Segurança da NNSS conteriam todos? Apenas alguns? Algumas dúzias?

Alguém realmente vai aparecer, ou seria apenas uma brincadeira? A julgar pelo fato de que a discussão e as fotos associadas ao evento no Facebook são, na maioria das vezes, piadas e postagens grosseiras, há pouca esperança no evento. “Ainda assim, há uma possibilidade de acontecer e espero que realmente aconteça – mesmo que isso não ocorra, certamente faz você imaginar o que aconteceria se uma enorme multidão conseguisse coordenar uma tentativa de ver o que realmente está nesses hangares. Um evento do Facebook pode fazer isso acontecer? Vamos lá ver os alienígenas!”, disse Brett Tingley. 

Porém, sendo brincadeira ou não, há possiblidade de sanção penal pela motivação de invasão em propriedade restrita para os criadores e, provavelmente, aos que realmente participarem dela. 

Segundo o editor da Revista UFO A. J. Gevaerd, "essa iniciativa é completamente inócua". Pois, desde os anos 90, quando das primeiras viagens do editor aos Estados Unidos para fazer palestras em Las Vegas, já se sabia que não restava mais nada de extraterrestre na Área 51. “Tudo foi transferido de lá. Parte foi levada para a Área 52, que fica a 140 km ao norte, – e ali ninguém consegue filmar mesmo, nem o Google tem imagens - outra parte foi levada para a Naval Air Weapons Station China Lake, base naval americana situada no Lago China, ao norte da Califórnia e demais partes ainda foram levadas para localidades desconhecidas. Não há mais nada lá, nem um parafuso de disco voador na Área 51”, explica Gevaerd.

 

Já está no ar a Edição 269 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2019

Como são eles?