DESTAQUE

Europa planeja criar uma nave espacial tripulada

Por
18 de Janeiro de 2007
Créditos:

A agência espacial russa Roskosmos e a Agência Espacial Européia (ESA, na sigla em inglês) negociam a criação conjunta de uma nave espacial tripulada que poderá ser lançada por um foguete russo Soyuz do centro espacial de Kourou (Guiana francesa), informaram nesta quinta-feira a construtora russa RKK Energuia, que fabrica o foguete e a nave Soyuz, e a ESA.

A nave será construída com base na versão modernizada da nave russa Soyuz e, a partir de 2010, poderá ser colocada em órbita por um lançador russo Soyuz-2, informou o presidente da RKK Energuia, Nikolai Sevastianov, citado pela agência de notícias russa Itar-Tass. “A ESA tomou uma decisão sobre este projeto e este ano dedicou 20 milhões de euros para isto”, declarou Sevastianov do centro espacial russo de Baikonur, no Cazaquistão.

O diretor de vôos tripulados da ESA, Daniel Sacotte, confirmou à AFP que a agência está em conversações com a Rússia, mas também com o Japão. A idéia é construir uma nave que possa garantir “as transferências de tripulação” para a estação espacial internacional (ISS) e participar, a mais longo prazo, do programa de exploração lunar iniciado pelos americanos, explicou ele.

Sacotte acrescentou que estudos foram financiados e não desmentiu o valor de 20 milhões de euros, anunciado por Sevastianov. A proposta final deverá ser apresentada durante o encontro ministerial da ESA, no fim de 2008.