DESTAQUE

Estudo explica o que Tom DeLonge e outras pessoas filmaram na noite de 31 de março

Por
13 de Abril de 2020
UFO sobre o mar
Créditos: Revista UFO

A última noite de março foi muito agitada no céu do estado da Califórnia. Muitas pessoas publicaram vídeos mostrando luzes misteriosas nas redes sociais, entre elas Tom DeLonge, o CEO da To The Star Academy. O que todas essas pessoas filmaram?

 

A noite de 31 de março trouxe surpresas para os habitantes do estado da Califórnia. De repente, luzes alaranjadas começaram a surgir no céu, e, conjunto ou alternadamente.

Muitas pessoas filmaram o que estavam vendo e é possível, nos vídeos, ver grandes luzes que se acendem a apagam, formando uma linha um horizonte.

Conforme noticiamos aqui, uma das testemunhas foi o músico e CEO da To The Star Academy, um centro de artes e de estudos científicos, ligado à liberação dos vídeos de UFOs feitos por pilotos da Marinha dos Estados Unidos.

 

Fogo no céu

 
Lançamento de dinalizadores pela Marinha dos Estados Unidos
Crédito: US Navy

Segundo o que DeLonge escreveu em seu twiter quando publicou o vídeo, ele também testemunhou várias luzes “dançando no céu”, mas sua filmagem mostra apenas uma luz, que parece grande a alaranjada.

Com base nos vídeos postados, a equipe de pesquisadores formada por Jim Kerr e John Greenewald, do site The Black Vault, analisou todas as imagens e publicou suas conclusões no sábado, dia 11 de abril.

Lavando em conta a localização das pessoas que fizeram as filmagens, dados do controle de tráfego aéreo daquela noite e informações sobre exercícios militares, surgiu a explicação: sinalizadores militares.

 

O vídeo de DeLonge

 
O músico Tom DeLonge

No caso específico da filmagem de DeLonge, a explicação parece ser outra. Ao menos, a explicação em relação ao vídeo postado pelo músico.

Em sua descrição, Delonge fala em vários objetos, mas a filmagem mostra apenas um, e a análise foi feita com base no vídeo.

Segundo o The Black Vault Ao contrário do que alguns observadores podem pensar, o objeto não está pulsando nem está mudando de forma ou tamanho”.

O efeito que se vê é resultado do recurso de foco automático da câmera do telefone celular, que teve problemas para encontrar o objeto para focar devido à pouca luz. Então, entra e sai de foco, a fim de tentar colocar algo em foco.

Por causa disso, os pesquisadores conseguiram isolar apenas um quadro em que o objeto aparece com relativa nitidez, e o que ele mostra desvendou o caso.

 

Os mistérios de Vênus

 
Uma das fases de Vênus. Crédito: Space.com

O que o vídeo de DeLonge mostra é o planeta Vênus, em uma de suas fases. Vênus, assim como a Lua, têm fases, embora muitas pessoas não saibam disso. E por isso, muitas vezes o planeta aparece, nas fotos e vídeos, com forma oblonga.

Quanto à coloração, o planeta aparece alaranjado nas imagens e não azul como o vemos a olhos nus, devido a um fenômeno chamado de aberração cromática.

Segundo a Nikon, fabricante de máquinas fotográficas, “A aberração cromática é um fenômeno no qual os raios de luz que passam através das lentes se concentram em diferentes pontos, dependendo do comprimento de onda”.

Por enquanto, essa é a explicação, mas não sabemos se DeLonge fez outros vídeos que não compartilhou, então pode ser que ainda tenhamos alguma surpresa.

 

Fonte: The Black Vault  

Assista ao video de DeLonge e abaixo ao video feito por outra testemunha, com multiplas luzes:

Já está no ar a Edição 276 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2020

A Ufologia e seus demônios