DESTAQUE

Encontrados ossos de bebê dinossauro de 70 milhões de anos

Por
12 de Dezembro de 2006
Créditos: Último Segundo

O plesiossauro, de 1,5 metro e pescoço comprido, foi encontrado numa região de cinzas vulcânicas, o que sugere que pode ter sido morto por erupção

Os ossos de um bebê de plesiossauro foram resgatados de uma ilha da Antártida, informam cientistas. Quando estava vivo, há 70 milhões de anos, o animal, de um metro e meio, teria se parecido com a imagem popular do Monstro do Lago Ness, com seu longo pescoço.

O novo esqueleto fóssil é um dos mais completos já encontrados desse tipo, disseram pesquisadores. Ele será exibido ao público na quarta-feira, no Museu de Geologia da Escola de Minas e Tecnologia de Dakota do Sul.

Os plesiossauros viveram durante milhões de anos no que, na época, era o mar de águas quentes que cercava a Antártida. Um adulto poderia chegar a quase 10 metros de comprimento. Dotados de nadadeiras, eles conseguiam "voar" na água, de modo semelhante aos pingüins de hoje.

O esqueleto foi encontrado numa área de cinzas vulcânicas, o que leva os pesquisadores a especular que o bebê teria morrido durante uma erupção.