DESTAQUE

E se os alienígenas vierem de outras dimensões?

Por
06 de Maio de 2019
Ilustração
Créditos: Lorem Ispun

Alguns teorizam que fazemos contato com uma forma de vida inteligente, mas eles podem não ser do espaço sideral e, sim, ultraterrestres de outras dimensões. 

As pessoas têm procurado sinais de vida inteligente em nosso universo há décadas sem sucesso. Muitos acreditam que a razão pela qual não tivemos sucesso é porque nosso universo é muito vasto para encontrarmos extraterrestres.

Outros alegam que simplesmente não estamos olhando no lugar certo. Significando que não deveríamos estar nos concentrando em procurar vida em outros planetas - mas devemos, ao invés disso, estar procurando por vida em outras dimensões. 

Há, também, quem simpatize com os estudos de Ben Bowlin, Noel Brown e Matt Frederick, que abordam a física das partículas, a teoria das supercordas e as dimensões paralelas.

De UFOs a poderes psíquicos e conspirações do governo, a história está repleta de eventos inexplicáveis. Mas a física de partículas procura explicar as origens do universo e os blocos de construção fundamentais da matéria, estudando as partículas irredutivelmente pequenas que compõem os átomos. Muitas vezes é chamada de “Teoria de Tudo”, trabalhando em direção a uma única solução elegante para explicar como a matéria e a energia funcionam.

No modelo padrão da física, as partículas são entendidas como pontos impossivelmente minúsculos. Apesar desse modelo ainda ser teórico, pois há muito que não entendemos sobre a força da gravidade, a teoria das cordas é mais palpável, uma vez que é um modelo da física, onde, em vez de pontos, as partículas são na verdade minúsculas cordas, todas vibrando juntas para criar tamanho e massa.

Para a teoria das cordas ser precisa, necessita abranger mais de 10 dimensões, em vez de quatro que estamos acostumados a experimentar: comprimento, largura, profundidade e tempo. Algumas dessas dimensões poderiam teoricamente ser lugares onde o  Big Bang  nunca aconteceu e o universo tinha um ponto de partida totalmente diferente. 

 

O que uma criatura de uma dimensão como essa pareceria para os humanos na quarta dimensão? 

O falecido ufologista John Keel  acreditava em extraterrestres, mas afastou-se disso depois de algum tempo. Ele começou a pensar que todas as histórias de folclore e textos religiosos eram, na verdade, prova de que a humanidade de fato fez contato com outra forma de vida inteligente, mas que elas não eram do espaço exterior. Em vez disso, eram seres de outras dimensões: os ultraterrestres. Keel teorizou que esses seres poderiam moldar a mudança para se parecerem com qualquer coisa e os atribuiu a histórias de demônios, monstros, anjos, ogros ou híbridos. Ele achava que esses ultraterrestres provavelmente tinham um senso de certo e errado, e que eram capazes de manipular a humanidade.

Mas por quê? Se há ultraterrestres, qual seria a motivação de uma criatura de quinta, sexta ou sétima dimensão - chegando à quarta dimensão - para causar danos? E como eles se movem entre as dimensões? Keel achava que havia anomalias magnéticas que facilitavam a materialização dos ultraterrestres, mas não sabia, ao certo, como chegavam à quarta dimensão.

O que você acha? Faz sentido? 

Para entender um pouco mais sobre a ciência complexa e possibilidades infinitas de utraterrestres de quintas, sextas e sétimas dimensões, assista ao vídeo legendado:

 

  

Para entender mais sobre Ben, Noel e Matt mergulhando profundamente na estranha teoria dos ultraterrestres, ouça seu podcast: What are Ultraterrestrials? by Stuff They Don’t Want You To Know

Fonte: Alien-code.com, por Carl Thomas, Canal João Marcelo e Tunguska Legendas.

  

Conheça o  Curso A Nova Humanidade

www.anovahumanidade.com.br

Já está no ar a Edição 267 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2019

Um metal extraterrestre

UPDATED CACHE