DESTAQUE

Documentos governamentais sobre UFOs estão entre os mais requisitados do Arquivo Nacional

Por
12 de Julho de 2017
A reportagem exibida pela Rede Bandeirantes comprovou a materialidade e a seriedade dos registros ufológicos do governo brasileiro
Créditos: Revista UFO

O Jornal da Band apresentou na noite da última terça-feira, 11 de julho, uma matéria tratando dos arquivos ufológicos liberados pelo governo brasileiro e disponibilizados no Arquivo Nacional. O início da reportagem fez alusão a relatos de pilotos de aeronaves e filmagens de UFOs, e afirmando que o fim do sigilo permitiu o acesso desses documentos pelo público. Aqui vemos um problema, pois não foi "agora" que o acesso foi permitido, mas sim há vários anos, mais especificamente desde 2008, diante da bem-sucedida campanha UFOs: Liberdade de Informação Já.

A reportagem aponta que os registros de UFOs por parte do governo e Forças Armadas brasileiros começam a partir de 1952, e que a cada ano um novo lote de documentos chega ao Arquivo Nacional. Conforme a matéria são cerca de 800 documentos e 16 gravações, estas reproduzindo diálogos entre pilotos de aeronaves comerciais e oficiais das torres de controle. Um dos diálogos apresentados mostra um controlador não identificado, falando em local também não divulgado, afirmando ter recebido a informação de que a torre do aeroporto de Campinas observava um UFO. O controlador questiona um piloto, dizendo que não detectaram nada no radar e o piloto responde que a luz do UFO varia, diminuindo e aumentando muito.

O controlador afirma que muitos relatos de observações estavam sendo recebidos e depois complementa: "No entanto para sua segurança e tranquilidade não temos tido notícias que esses objetos, ou seja lá o que for, tenha interferido com a navegação". O pesquisador do Arquivo Nacional Thiago Mourelle é apresentado a seguir, afirmando que os relatos são similares, descrevendo luzes muito fortes que se movimentam de forma errática e que nenhuma aeronave comum faria. A reportagem em seguida fala de outra gravação, obtida em 19 de maio de 1986, durante o histórico evento conhecido como A Noite Oficial dos UFOs no Brasil, aludindo a esse nome criado pelo saudoso coeditor da Revista UFO, Claudeir Covo. A matéria alude aos 21 UFOs observados sobre São Paulo, Rio de Janeiro e Goiás, e que a Força Aérea Brasileira (FAB) enviou caças para interceptar os UFOs, sem sucesso.

ARQUIVOS UFOLÓGICOS ESTÃO ENTRE OS MAIS ACESSADOS DO ARQUIVO NACIONAL

crédito: Arquivo
Documentos sobre UFOs estão entre os mais acessados do Arquivo Nacional
Documentos sobre UFOs estão entre os mais procurados do Arquivo Nacional

Foi exibida outra gravação de conversa entre controlador de voo e piloto, e este último afirma: "Tem alguma coisa ali no setor noroeste de São José. Um farolzinho, pô. Mas eu tô olhando bem, o bicho tá parado". Depois acrescenta: "Eles mudam de cor o tempo todo. Ficam vermelhos, amarelos, verdes, azuis, brancos. Tá bonito, estou arrepiado, meu irmão!". Entra então a jornalista Mariana Procópio, dizendo que conforme os documentos chegam ao Arquivo Nacional são digitalizados e disponibilizados no site da instituição, e que a seção que reúne esses arquivos é uma das mais acessadas. Em seguida mencionam mais casos que constam dos arquivos, como as fotos obtidas na Barra da Tijuca em 17 de maio de 1952, que infelizmente são comprovadamente uma fraude, como demonstrou Claudeir Covo. A reportagem da Rede Bandeirantes, apresentada no Jornal da Band, foi no geral benéfica à Ufologia séria, demonstrando a realidade da presença de UFOs em território brasileiro, e comprovando que a FAB segue cumprindo sua missão ao recolher esses relatos.


Confira a reportagem exibida no Jornal da Band

Criada página no Facebook em homenagem a Claudeir Covo

Os mistérios da caixa preta sobre UFOs nos arquivos militares

Resgatando a história da Ufologia Brasileira

A fraude do Caso Barra da Tijuca completou 55 anos

O legado de Claudeir Covo à Ufologia

Apresentados fatos até agora desconhecidos sobre a Operação Prato

A Noite Oficial dos UFOs no Brasil, 30 anos depois

Caso Varginha comemora 20 anos hoje, mas Exército ainda nega as evidências

Saiba mais:

Livro: Varginha: Toda a Verdade Revelada

crédito: Revista UFO
Varginha: Toda a Verdade Revelada
Varginha: Toda a Verdade Revelada

Desde que teve início a chamada Era Moderna dos Discos Voadores, em 1947, uma pesquisa sistemática dessas naves e da ação de seus tripulantes na Terra vem sendo realizada por estudiosos de inúmeros países. Eles constataram, para sua perplexidade, que tais veículos, apesar de altamente tecnológicos, também sofrem panes e podem cair sobre a superfície de nosso planeta. O episódio ocorrido na cidade mineira de Varginha, em 20 de janeiro de 1996 é, com certeza, o mais bem documentado de todos. Aconteceu em nosso país, na referida data, a queda de uma espaçonave em dificuldades na atmosfera e, para espanto de todos, alguns de seus ocupantes sobreviveram à tragédia. Pelo menos dois deles foram capturados ainda com vida, e todas as instituições rechaçam veementemente os fatos apurados ao longo de anos de investigações por dedicados ufólogos do Brasil e exterior, entre eles o autor Marco Antonio Petit.

DVD: Pacote de DVDs do UFOZ 2015

Já está no ar a Edição 231 da Revista UFO. Aproveite!

Fevereiro de 2016

UFOs estão entre os mistérios da floresta

UPDATED CACHE