DESTAQUE

Divulgado mais completo mapa de nossa galáxia já obtido

Por
17 de Setembro de 2016
Primeiro mapa de nossa galáxia, a Via Láctea, feito com o telescópio Gaia
Créditos: ESA

Fazer um mapa de nossa galáxia, a Via Láctea, já foi comparado a tentar adivinhar o desenho de uma casa a partir de seu interior. Contudo, os impressionantes desenvolvimentos tecnológicos da astronomia têm superado e ampliado enormemente nossos limites de observação. Um dos exemplos é a nave Gaia, da Agência Espacial Europeia (ESA), lançada em 19 de dezembro de 2013 por um foguete Soyuz ST-B a partir de Kourou, na Guiana Francesa. Estacionada no Ponto Lagrange L2, a cerca de 1,5 milhão de quilômetro da Terra, o telescópio está no 14º mês de sua missão de cinco anos e se dedica à astrometria: a precisa localização e medição de movimentos das estrelas.

Gaia já mapeou mais de um bilhão de estrelas da galáxia desde 2014 e o mapa divulgado em 14 de setembro último pela ESA inclui as posições e níveis de luminosidade de 1,142 bilhão de estrelas, além de distâncias e movimento de mais de 2 milhões delas. Com os dados os cientistas criaram ainda um vídeo mostrando como seria uma viagem da Terra até o aglomerado de estrelas Hyades, disponível nos links abaixo. Com a maior parte da missão ainda pela frente, são esperados volumes de informações ainda maiores, e de acordo com o diretor de ciências da ESA, Álvaro Giménez: "Gaia está na vanguarda em termos de astrometria, mapeando o céu com precisão inédita".

Um dos grandes objetivos da missão é a produção de um inédito e gigantesco mapa tridimensional da Via Láctea, além de inspirar inúmeras outras pesquisas. Os cientistas afirmam que, conhecendo posições, movimentos e outras características das estrelas, será possível aos pesquisadores estudar a estrutura e a própria história da galáxia. Os dados ainda permitirão investigar nosso próprio local no Universo, partindo de nossa vizinhança cósmica local, o Sistema Solar, até a escala galáctica e ainda maior, chegando à escala cosmológica. Gaia é o mais ambicioso esforço para mapear a galáxia já realizado e mesmo diante da enorme quantidade de estrelas observadas e do imenso total que será medido até o final da missão, este chegará somente a cerca de um por cento do total de estrelas da Via Láctea. Especula-se que nossa galáxia, conforme a fonte consultada, seja formada por algo entre 100 a 400 bilhões de estrelas.

crédito: ESA
A Gaia está somente no começo de sua missão de cinco anos para produzir o maior mapa já feito da Via Láctea
A Gaia está somente no começo de sua missão de cinco anos para produzir o maior mapa já feito da Via Láctea

Visite o site da missão Gaia

Vídeo mostrando uma viagem da Terra até o aglomerado Hyades

Cientistas buscam sinais de civilizações avançadas em outras galáxias

Sinal misterioso é recebido de galáxias a 240 milhões de anos-luz

Telescópios da NASA captam galáxias do princípio do Universo

Encontrada outra estrela que pode abrigar megaestrutura alienígena

Confirmada a existência de planeta em órbita da estrela mais próxima do Sol

Nono planeta do Sistema Solar pode existir, de acordo com astrônomos

NASA estuda missão para procurar vida alienígena em lua de Saturno

Encontrada estrela irmã do Sol

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. A série contém ainda detalhes do funcionamento de satélites espiões, do desenvolvimento da Estação Espacial Internacional e da implantação do telescópio Hubble. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 237 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2016

Visões diferentes para a mesma questão

UPDATED CACHE