DESTAQUE

Diversos pilotos comerciais relatam, ao mesmo tempo, UFOs no céu da Irlanda

Por
12 de Novembro de 2018
Ilustração avistamento UFO
Créditos: Rafael Amorim/UFO

A agência reguladora da aviação na Irlanda Irish Aviation Authority (IAA) iniciou uma investigação após o avistamento de supostos UFOs por uma série de aeronaves na costa sudoeste irlandesa na última sexta-feira. Às 06h47 do dia 09 de novembro, o piloto de um voo da British Airways, chamado Speedbird94, contatou o Controle de Tráfego Aéreo de Shannon para perguntar se havia exercícios militares no espaço aéreo por onde passava sua aeronave.

Não havia exercícios militares em andamento. O primeiro relato, vindo do piloto de um jato Boeing 747 de Montreal para Heathrow sobre Kerry,  descreveu um UFO surgindo ao longo do lado esquerdo de sua aeronave antes de "desviar rapidamente para o norte".

O piloto contata o Controle de Tráfego Aéreo de Shannon: "há algum exercício militar acontecendo na rota de voo?"

Controle de Tráfego Aéreo de Shannon responde: "Não há nada mostrando no radar primário ou secundário."

O piloto confuso respondeu: “OK. Ele estava se movendo tão rápido!" E acrescentou que já estava imaginando o que poderia ser. Ainda informou que o objeto tinha uma luz brilhante e que desapareceu em alta velocidade. O piloto explica que a equipe não temia que o objeto estivesse em “rota de colisão”, mas estava apenas se perguntando o que poderia ser.

Nesse ponto, outro piloto interrompe, dizendo que seu voo Virgin Airlines 747 também encontrou múltiplos meteoros ou alguns outros tipos de objetos não identificados “fazendo algum tipo de trajetória”. “Pareciam muito brilhantes de onde estávamos”, disse o piloto da Virgin Airlines e completou aos controladores de tráfego aéreo que os objetos estavam na posição 11h00 da aeronave, com duas luzes brilhantes que pareciam se afastar em velocidade. Ele acrescentou que a velocidade do UFO era "astronômica, como um Mach 2".

O controlador de tráfego aéreo respondeu dizendo que investigaria mais, já que outras aeronaves também relataram aparições similares.

A IAA se pronunciou dizendo que: “Na sequência de relatos de um pequeno número de aeronaves na sexta-feira, 09 de novembro, de atividade aérea incomum, o IAA apresentaria um relatório. "Este relatório será investigado sob o processo normal de investigação de ocorrências confidenciais, informou a agência.

Assista ao áudio aqui:

Possibilidades

Jonathan McDowell, astrônomo da Universidade de Harvard que tem o hábito de rastrear lançamentos espaciais e os muitos pedaços de lixo espacial que regularmente queimam na atmosfera, escreveu na rede social Twitter que não sabia de nenhum satélite reentrando nossa atmosfera naquele momento. Mas como o próprio McDowell apontou no passado, existem literalmente milhares de objetos girando ao redor da Terra. Qualquer um deles pode ser responsável pelo o que os pilotos viram.

Ou, como um dos pilotos suspeitou, pode ter sido um pequeno meteoro queimando na atmosfera. Quatro grandes chuvas de meteoros estão atualmente ativas, de acordo com a Sociedade Americana de Meteoros, incluindo Táuridas, conhecida por produzir bolas de fogo brilhantes no céu. 

Fonte: IrishMirrorIrishExaminer, Cnet 

Colaboração: Canal João Marcelo

Tradução: Tunguska Legendas

Já está no ar a Edição 261 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2018

Nikola Tesla e a Vida Extraterrestre